Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Coluna Vida Essencial: redescobrindo o mundo dos óleos essenciais

17 de abril, 2020
Por: Jornal da Cidade BH
Por: Pollyanne Lessa Boczar
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Novidade. A partir desta edição, Pollyanne passa a integrar o time de colunistas do JORNAL DA CIDADE e vai abordar o universo dos óleos essenciais nas páginas do caderno Bem-Estar. Bem-vinda!

Ao contrário do que muitos pensam, os óleos essenciais não são uma novidade, ao contrário, são uma das formas mais antigas de cuidar da saúde e do bem-estar. O uso das plantas como recursos de cura foi sendo desenvolvido ao longo da história da humanidade. Os primeiros registros que se tem notícia de receitas aromáticas foram deixados pelos sumérios, ainda em escrita cuneiforme, há 4.000 anos a.C.. Há referência do uso de “uguentos” pelos egípcios acerca de 2.600 a.C. e, mais tarde, 69 a.C., Cleópatra tornaria famosos seus banhos aromáticos, como forma de cuidar da sua saúde e beleza. Na Grécia, Hipócrates, o pai da medicina, já recomendava o uso dos óleos essenciais em massagens e seus escritos fazem referência a um vasto número de plantas medicinais. No mundo árabe, o famoso alquimista Avicena foi o pioneiro da destilação de plantas medicinais, ainda hoje o método mais utilizado para obtenção dos óleos essenciais.

Interessante observar que ao mesmo tempo que nascia a indústria farmacêutica moderna, entre os anos de 1920 e 1960, o químico francês, RenéMaurice Gattefossé, publica em 1937, o livro Aromathérapie, onde ele enfatiza o
valor terapêutico dos óleos essenciais, baseado numa experiência pessoal com o óleo essencial de Lavanda e, provavelmente por isso, ainda hoje seja exatamente a Lavanda o mais queridinho dos óleos essenciais e porta de entrada de muitos para este universo aromático.

Mas a velocidade com que a indústria farmacêutica se desenvolveu ao longo destes anos, sem dúvida, contribuiu para que o uso da natureza em prol da saúde fosse sendo aos poucos menos difundidos. Estranho é pensar que mesmo com o avanço da indústria farmacêutica, que tem previsões de ultrapassar US$ 1,5 trilhão até 2023, não estamos mais saudáveis. Andamos por nossa cidade e vemos farmácias serem abertas uma ao lado da outra, chegando a ter 2 ou 3 a menos de 200 metros de distância e ainda assim a população continua adoecida.

Em 2011, o prêmio Nobel de medicina, o inglês Richard J. Roberts, afirmou numa entrevista que remédios que curam não são interessantes para ser desenvolvidos, e sim remédios “cronificadores” de doenças, que camuflam os
sintomas pelo tempo que são consumidos, mas estes sintomas voltam a aparecer quando o consumo da medicação é interrompido. Nesse sentido, os óleos essenciais são exatamente o oposto, quanto mais você usa, menos você precisa deles. E por isso, sim, mesmo sendo um resgate do jeito antigo de cuidarmos da nossa saúde, gosto de dizer que é a medicina do futuro, porque com eles trabalhamos a prevenção, o cuidado contínuo, o empoderamento em relação ao cuidado pessoal e da sua família e a individualização, pois usar óleo essencial é um exercício de autoconhecimento, onde cada um é único. Se você ainda não se rendeu a este universo aromático, fica aqui o convite. Você vai se surpreender.


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

10 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Aletha Asrari 4 de junho de 2020

    I just want to tell you that I’m all new to blogs and definitely loved you’re web site. Most likely I’m want to bookmark your blog post . You really have incredible articles and reviews. With thanks for revealing your blog site.

    http://www.firsttimeiwhtsb.com

  • Avatar
    Fernanda Campos Junger 24 de abril de 2020

    Polly vai trazer um conhecimento vasto sobre o assunto, com a sua sensibilidade ímpar e delicadeza em mostrar os inúmeros benefícios dos óleos essenciais. PARABÉNS!!!

  • Avatar
    Nilce 18 de abril de 2020

    Obrigada Polly por compartilhar seu conhecimento,vou começar pelo óleo de menta.🌹🌹🌹👏🏻👏🏻👏🏻

  • Avatar
    Eurico Verissimo Filho 18 de abril de 2020

    Grande Poly , já que seu pai Não deixou sua mãe ser uma artista das Canetas , poderia ter uma poetiza , mas sempre foi será !
    A mãe da caridade . E voce e a cópia dela na atenção , no carinho , por isso SUCESSO SEMPRE , gostei muito

  • Avatar
    Gilda Tornice 18 de abril de 2020

    Parabéns Polly, por nós proporcionar um pouco de seus sábios conhecimentos!

  • Avatar
    Gilda Tornice 18 de abril de 2020

    Parabéns Polly, por nos transmitir tão sabiamente um pouco de seus saudaveis conhecimentos .

  • Avatar
    Isaura 18 de abril de 2020

    Que alegria te ver , parabéns Polly👏❤️

  • Avatar
    Josilene Ribeiro de sousa 18 de abril de 2020

    Parabéns gatona vc merece

  • Avatar
    Francisca 18 de abril de 2020

    Parabéns Polly!!
    Que bom lermos a respeito desta prevenção para nossa saúde! Abc

  • Avatar
    FLAVIA 18 de abril de 2020

    Vc brilha!! Muito orgulho!! E tem muito conteúdo para vir!!! 👏🏻👏🏻👏🏻

Avatar
Deixe um comentário