Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Traje de aventura

13 de julho, 2017
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Impressões ao dirigir. Com suspensão mais alta e adereços visuais, Ford Ka Trail 1.0 mostra qualidades para disputar espaço no “selvagem” segmentos dos compactos aventureiros.Versão tem o Onix Activ e o Hyundai HB20X como principais rivais e parte de R$ 47.690

A Ford começou a vender em abril o Ka Trail, a nova versão aventureira do compacto chama a atenção pela suspensão elevada e os adereços visuais esportivos. Além disso, atrai pelo preço competitivo. Ofertado nas versões 1.0 e 1.5, o Ka Trail custa a partir de R$47.690, cerca de R$10 mil a menos que o concorrente mais próximo.
Além de ser 3,1 cm mais altinho do que o Ford Ka convencional, a versão Trail traz rodas de liga leve e pneus de uso misto de 15 polegadas. O visual aventureiro é completado ainda por faixas esportivas nas laterais e traseira, rack de teto, molduras nas caixas de rodas, faróis de neblina, maçanetas e retrovisores na cor cinza. Há também apliques nos para-choques e lanternas traseiras fumê. Por dentro, os bancos são revestidos com couro sintético e tecido, os pedais são de alumínio e as soleiras protetoras nas portas e os tapetes são personalizados.
Como os demais modelos da linha, o Ka Trail sai da fábrica com uma boa lista básica de equipamentos que inclue: freios ABS, airbags dianteiros, ar-condicionado, direção elétrica, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, abertura elétrica do porta-malas e direção com ajuste de altura. A versão traz também som com comando de voz e bluetooth, banco traseiro bipartido e cinto de segurança de três pontos e apoio de cabeça para os cinco ocupantes.

Dirigibilidade
Ao assumir o volante, o motorista do Ka Trail 1.0 logo nota que está mais alto. E ver os carros de uma posição mais elevada transmite uma sensação maior de segurança. A suspensão da versão é mais rígida. Apesar disso, é bem calibrada e filtra legal os buracos e ondulações da pista.
O motor 1.0 flex de três cilindros com 85 cv de potência é bem espertinho. Trabalha em sintonia com o câmbio manual de cinco marchas oferecendo arrancadas e retomadas compatíveis com a proposta primodialmente urbana do carro. Fundamental em carros com motores menores, o isolamento acústico do modelo também é digno de elogios.
Os bancos revestidos em couro sintético são confortáveis. Nas laterais, foram colocados pequenos elásticos em verde e laranja e atrás do encosto há uma pequena rede. Os elásticos nos bancos, confesso que não entendemos sua utilidade.
O espaço interno do Ka Trail é satisfatório para um hatch compacto. Chama a atenção os vários porta-objetos espalhados pelo carro, algo sempre útil. Infelizmente e como de praxe nos carros de entrada à venda no país, o acabamento interno do Ka descoladinho usa e abusa dos plásticos rígidos.

Econômico, até demais
Pelo preço, o Ka Trail poderia vir mais bem-equipado. Ele não vem, por exemplo, com computador de bordo. Por isso, não foi possível aferir o consumo durante nosso teste. Pela avaliação do Inmetro, o compacto da Ford recebeu nota A, com média de 8,8 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada, abastecido com etanol. Com gasolina, a versão faz 12,5 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada.
Outros itens de conforto como retrovisores e vidros elétricos nas portas traseiras, por exemplo, não constam nem na lista de opcionais do Ka Trail 1.0. E vale dizer que, com a pintura metálica, o preço da versão vai a salgados R$ 48.190.

Ficha técnica
Motor 1.0 12V flex, dianteiro, três cilindros em linha
Transmissão Câmbio manual de cinco marchas
Potência 80/85cv com gasolina/etanol a 6.500 rpm.
Torque 10,2 kgfm a 3.500 rpm com gasolina e 10,7 kgfm com etanol a 4.500 mil rpm.
Suspensão Dianteira independente do tipo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora. Traseira semi-independente por eixo de torção, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos.
Pneus 195/55 R15.
Freios Discos ventilados na frente e tambores atrás. ABS com EBD e assistência de frenagem.
Dimensões 3,89 metros de comprimento, 1,70 m de largura,
1,53 m de altura e 2,49 m de entre-eixos.
Porta-malas 257 litros.
Tanque de combustível  51,6 litros.