Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

BMW 1600 GT conversível renasce ainda mais belo

09 de fevereiro, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
FOTOS DIVULGAÇÃO JC/BMW
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

História. Aprendizes da fábrica de Dingolfing entregam modelo totalmente restaurado para a coleção de veículos clássicos da companhia

A coleção de veículos do BMW Group Classic, área da empresa dedicada à herança e à tradição dos automóveis BMW, acaba de ficar mais rica com a chegada de mais um modelo singular: o único exemplar do 1600 GT conversível. Tudo isso graças à competente equipe de treinamento vocacional da fábrica da BMW em Dingolfing, na Alemanha, que trabalhou diretamente na restauração do veículo.

O conversível de quatro lugares pintado em prata tem um capô vermelho e sua história incomum faz dele um representante revelador da época em que a BMW fez a transição de uma montadora de nicho para uma fabricante de automóveis de produção em massa desfrutando de um crescimento constante e uma reputação internacional.

Após anos de tradição, o BMW 1600 GT foi submetido, pela primeira vez, a amplos e detalhados trabalhos de restauração para garantir que fosse preservado para a posteridade. Quando os especialistas do BWM Group Classic souberam da existência deste raro tesouro e assim que o processo de aquisição do veículo foi concluído, surgiu a ideia de devolvê-lo à sua condição original no mesmo local onde ele surgiu: a fábrica de Dingolfing. E, assim, o projeto de restauração acabou se tornando parte integrante do treinamento de aprendizes que almejavam tornarem-se mecânicos de carroceria e manufatura de veículos.

O renascimento do BMW 1600 GT conversível em Dingolfing também reacendeu memórias de um capítulo particularmente excitante na história da BMW. Quando ele surgiu, em 1967, a empresa tinha acabado de assumir a fabricante de veículos Dingolfing Glas.

Desde 1955 ela produzia o Goggomobile, um pequenino modelo de duas portas. Anos mais tarde, em 1964, a Glas lançou no mercado o elegante e esportivo Glas 1300 GT, com estilo assinado por Pietro Frua, e, um ano depois, o poderoso Glas 1700 GT.
A Glas estava à procura de um parceiro forte e a BMW inicialmente concordou com uma operação de distribuição conjunta.

Contudo, isso acabou levando à aquisição completa pela montadora de Munique. O esportivo compacto foi então equipado com os mesmos eixo traseiro, assentos e motor de 105cv do BMW 1600 TI; assim como uma grade dianteira da BMW e os mesmos faróis redondos do BMW Série 02.

A ideia de lançar, ao mesmo tempo, um cupê esportivo e um conversível veio dos EUA. A proposta para desenvolver novas versões – sendo o cupê equipado com motor de 2.0 litros – foi feita pelo importador Max Hoffmann. Em outubro de 1967, Frua entregou uma carroceria conversível montada sobre um chassis com assoalho reforçado.

O conjunto foi então pintado em Dingolfing, onde todos os trabalhos de montagem foram realizados. No dia 16 de novembro, o BMW 1600 GT conversível entrou para os registros de produção da fábrica. No entanto, os planos de produção em série do modelo e posterior exportação para os EUA nunca se concretizaram.

Apenas um único exemplar do conversível bávaro-italiano foi homologado para rodar em vias públicas. E 51 anos após a primeira unidade do modelo ter sido fabricada, a segunda foi, finalmente, concluída. Desta vez, a restauração do carro foi comemorada para dar ao BMW Group Classic outra joia para a sua coleção.

Avalie este conteúdo


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!