Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Ágil e discreto

23 de novembro, 2017
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Fiat Argo HGT. Modelo traz o visual esportivo discreto como maior apelo de compra; tem estabilidade e desempenho dentro da média

Para abraçar os diferentes perfis de clientes, a Fiat resolveu apostar alto na ampla oferta de configurações do Argo, o que, sem dúvida, é um diferencial no segmento dos hatches compactos. São sete versões disponíveis com três opções de motor e dois tipos de câmbio. Tem Argo de todo tipo. Do manual Drive 1.0 ao HGT 1.8 automático. Os preços, dançam conforme a música. Ficam entre R$ 46,8 mil e R$ 70,6 mil.

Velocidade avaliou o Argo 1.8 HGT automático, a versão top de linha do hatch da Fiat. A princípio, pode ser considerada cara, mas não se levarmos em consideração o custo-benefício se comparada aos rivais diretos como, por exemplo, Hyundai HB20 1.6 Premium e New Fiesta 1.6 Titanium. Desde a versão 1.0, o Argo vem equipado com direção elétrica e sistema start-stop do motor.

Em relação à versão 1.8 Precision, basicamente o Argo HGT tem um visual mais esportivo. Isso inclui rodas de liga leve aro 16 diamantadas, spoilers, moldura plástica nos para-lamas e faróis com máscara negra. Fora isso, a parte mecânica e a lista de equipamentos são bem parecidos. O Argo HGT traz controle de estabilidade e de tração de série, além do bom câmbio automático de seis velocidades, o mesmo da picape Fiat Toro. O carro vem bem equipado e traz também itens como ar-condicionado digital, direção, vidros, travas e retrovisores elétricos, por exemplo.

O conhecido motor 1.8 16V da família E.torQ rende até 139 cv com etanol e 135 cv com gasolina e corresponde bem as pisadas no acelerador. O desempenho não chega a empolgar tanto, mas também não decepciona. O volante com ajuste de altura e profundidade oferece uma boa pegada. Na versão HGT, a suspensão tem uma calibragem mais esportiva, leia-se, mais dura. Segundo a Fiat, tudo para melhorar a estabilidade do carro em curvas, outro ponto digno de elogios ao carro.

OPCIONAIS SALGAM O PREÇO
A unidade que testamos veio com todos os opcionais possíveis, o que eleva o preço do Argo HGT em quase R$ 10 mil. São três os kits disponíveis no Argo HGT: o Style, que acrescenta revestimento de couro nos bancos e rodas de liga leve aro 16 (R$ 2.200); o kit Tech adiciona ar-condicionado digital, chave presencial com partida do motor por botão, além de quadro de instrumentos com tela de TFT de sete polegadas, sensor de chuva e crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico (R$ 3.500). E, por fim, você pode somar airbags laterais (R$ 2.500), além de sensor e câmera de ré por mais R$ 1.200.

Por dentro, o que chama atenção mesmo é a central multimídia touch screen. Uma tela flutuante com sete polegadas, item de série no Argo desde a versão intermediária (Drive 1.3). Ela vem com comandos do rádio e telefone no volante, mas peca por não vir com mapa GPS já integrado ao dispositivo. Para se guiar por meio da tela, só plugando o celular à porta USB para acessar o app via Apple CarPlay ou Android Auto.

De diferencial, o Argo HGT vem com o forro do teto na cor preta e traz um aplique em vermelho no painel. O nível do acabamento é satisfatório, com materiais em plástico texturizado agradáveis ao toque e aos olhos. O espaço interno do Argo é honesto, mas sem muitas sobras para quem viaja no banco de trás. O porta-malas com 300 litros de capacidade é compatível com o dos modelos concorrentes e não deixa a desejar.

Motor 1.8 16V, quatro cilindros em linha
Potência 135 cv com gasolina e 139 cv com etanol, a 5.750 rpm
Torque 18,8 kgfm com gasolina e 19,3 kgfm com etanol, a 3.750 rpm
Câmbio automático de seis marchas
Suspensão dianteira independente do tipo McPherson, traseira semi-independente por eixo de torção
Freiosdiscos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e EBD
Dimensões 4 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,50 m de altura e 2,52 m de distância entre eixos
Porta-malas 300 litros
Consumo Com gasolina, média de 11 km/l (cidade) e 13,4 km/L (estrada)
Peso 1.243 kg
Fonte FCA

Fotos: Eduardo Aquino/Site Acelera Aí


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Niki Leiba 4 de junho de 2020

    I just want to mention I am newbie to weblog and definitely enjoyed your web-site. More than likely I’m want to bookmark your blog . You really have incredible articles. Kudos for revealing your blog site.

    http://www.firsttimeiwhtsb.com

Avatar
Deixe um comentário