Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

EXAME PREVENTIVO CONTRA O CÂNCER DE COLO DE ÚTERO

01 de Maio, 2018

Campanha. Uma flor especial que floresce uma vez por ano e, além da beleza, tem a nobre missão de alertar as mulheres: chegou a hora do exame anual, o preventivo, que ajuda no diagnóstico precoce do câncer do colo do útero e, portanto, pode salvar vidas. Essa planta, que funciona como um calendário, está sendo distribuída às mulheres da região das ilhas de Belém do Pará, na campanha “Flor da Vida”, liderada pelo Grupo Hermes Pardini, com apoio da Secretaria da Saúde do Governo do Pará, e criação da Ogilvy Brasil.

“No ano passado, o Grupo Hermes Pardini realizou uma campanha com a Ogilvy, o VR Vacinas, que teve como propósito o uso da realidade virtual para proporcionar bem-estar às crianças durante a vacinação. Essa campanha teve grande êxito e o serviço de realidade virtual, hoje, está disponível nas unidades de vacinação do Hermes Pardini em Minas Gerais e São Paulo e também do Padrão, em Goiânia, marca do Grupo. Agora, o Pardini aposta em mais uma campanha em parceria com a Ogilvy, a “Flor da Vida”, que pretende levar informação para as mulheres alertando para a importância do diagnóstico precoce do câncer de colo do útero, salvando vidas. Essa é mais uma face do Hermes Pardini, de orientar e educar para a prevenção, sempre com um olhar humanizado”, diz Alessandro Ferreira, vice-presidente comercial e marketing do Grupo Hermes Pardini.

O Estado do Pará tem três vezes mais casos desse tipo de câncer do que a média do país – até 46 casos a cada 100 mil mulheres. Os altos índices podem ser explicados pela carência de infraestrutura, pouco acesso à informação, pobreza extrema e ao analfabetismo, dificultando a ida das mulheres ao médico. De 2012 a 2017, o número de mulheres que fazem o exame preventivo caiu 25% de acordo com dados da Secretaria da Saúde do Pará. Dai a importância da campanha “Flor da Vida”.

A flor especial usada na ação é um híbrido de cattleya, desenvolvida pelo orquidófilo Sergio Barani, especialista com mais de 50 anos de experiência. Trata-se de uma planta que consegue se adaptar ao clima da região amazônica e florescer a cada 12 meses, funcionando como um calendário inspirado na natureza – o exame preventivo contra o câncer do colo do útero deve ser feito uma vez por ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. A Flor da Vida foi registrada na Royal Horticultural Society, da Inglaterra, que é atualmente o maior cartório de registro de orquídeas do mundo.

Desde o início da campanha, até agora, 5 mil flores foram entregues por agentes de saúde, que viajam de barco para chegar a região das ilhas, entre outras. Além disso, são promovidos eventos locais, onde as mulheres podem assistir a palestras, ensinando a cuidar da orquídea para que ela floresça uma vez ao ano e, claro, sobre a importância de fazer o exame preventivo e cuidar da saúde. O exame preventivo reduz drasticamente a taxa de mortalidade, já que é o câncer de colo de útero tem um alto índice de cura quando descoberto precocemente.

Como resultado da campanha, desde o começo de março até agora cerca de 1 milhão de mulheres já foram impactadas. Segundo Dra. Heloisa Guimarães, secretária de saúde adjunta de Belém do Pará, 3 mil agentes de saúde foram envolvidos no projeto. Desde a entrega das flores, a promoção de eventos com as mulheres e a realização de aulas educativas. “Essa campanha não vai durar apenas um dia ou um mês, ela vai durar uma vida inteira. Enquanto você cuida da flor, a flor cuida de você”, comenta Dra. Heloisa.

O Hermes Pardini preparou um filme sobre a ação, que pode ser assistido aqui. “A publicidade tem um papel fundamental em campanhas como essa – leva conhecimento às pessoas e, no final, pode contribuir para que vidas sejam salvas. Para a agência é um orgulho poder trabalhar ao lado do Hermes Pardini, um cliente que conhece muito bem a importância da luta pela causa”, diz Félix del Valle, diretor de criação executivo da Ogilvy Brasil.

Foto: Reprodução