Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

No caminho entre Arraial d’Ajuda e Trancoso, Rio da Barra oferece infraestrutura e gastronomia especiais

08 de fevereiro, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Texto: Luís Otávio Pires | Jornalista viajou a Arraial D’Ajuda (BA) a convite do Kûara Hotel
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Onde o rio beija o mar. Além do privilégio de possuir lindas praias e muitas opções de entretenimento, Arraial d’Ajuda tem nos seus arredores diversas atrações para os turistas. Um deles fica no caminho para Trancoso.

Bastam 40 minutos em uma estrada vicinal de terra, porém larga e com bom piso, chega-se ao Rio da Barra. O local abriga uma pousada e um bar e restaurante para quem quiser curtir um mar não menos maravilhoso com a vantagem de poder mergulhar também em um rio de águas quentinhas.

Isso mesmo: bem ali, a água doce se encontra com a água salgada. Forma-se, então, uma piscina, cujo formato, tamanho e volume se alteram conforme a maré. Quem manda é a natureza.

Um estrutura organizada, com estacionamento e segurança e um atendimento mais que especial são atributos do Rio da Barra.
Tudo é administrado por uma família de gente simpática e trabalhadora, idealizado pelo Bené do Rio da Barra, como é conhecido o patriarca. A mulher e as filhas são também responsáveis pela gestão do estabelecimento que recebe cerca de 450 turistas por dia durante o verão.

“Meu pai é muito exigente e nós também. Nossos clientes têm que sair daqui mais do que satisfeitos”, garante a gerente Janaína Alves, uma das filhas de Bené.

Ela conta que tudo começou quando ali ainda ficava apenas a residência da família. “Nos anos 80, quando a região ainda era pouco explorada, muitos turistas passavam por aqui em frente rumo a Trancoso. Uma vez, o carro de uns capixabas estragou. Eles pediram para passar a noite por aqui. Provaram da comida da minha mãe e se encantaram com o lugar”, lembra. Foi a deixa para que Bené e sua mulher Iremir tivessem a ideia de criar um camping, um restaurante e, mais tarde, a hoje pousada Rio da Barra Villa Hotel.

Durante o verão e feriados, é importante fazer reserva para o bar e restaurante, no caso de turistas que não estão hospedados. Existem mesas para duas, quatro pessoas e até bangalôs para famílias para até 15 pessoas. Há ainda espreguiçadeiras.

A culinária baiana é o destaque. Não deixe de provar o Bobó de Camarão ou então a Moqueca da Dona Iremir, nome da mãe de Janaína, que comanda a cozinha com uma de suas irmãs.

O cardápio traz ainda mariscada, peixe e camarão fritos e mais uma variedade de pratos regionais.

Os drinks são um capítulo à parte. Destaque para a caipirosca de tangerina, manjericão e pimenta doce. Janaína confessa que conheceu a mistura em um bar em São Sebastião das Águas Claras, conhecido como Macacos, na Região Metropolitana de BH, quando visitou o lugar com amigos mineiros. “Fiquei encantada com a bebida, mas demos um toque baiano ao acrescentar a pimenta”, revela.

Avalie este conteúdo

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!