Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

David Guerra assina projeto arquitetônico do Kûara Hotel

08 de fevereiro, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
FOTOS: DIVULGAÇÃO JC/DAVID GUERRA ARQUITETURA
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Instalações. Cada detalhe do Kûara Hotel foi pensado e criado para traduzir o Brasil em beleza e aconchego

“Cada detalhe foi pensado e criado para traduzir o Brasil em beleza e aconchego”. Assim, o arquiteto David Guerra define o projeto do Kûara Hotel, o primeiro desenvolvido para o segmento hoteleiro em seus quase 30 anos de carreira.

O Kûara traz uma arquitetura brasileira inserida em um terreno com reserva de Mata Atlântica, rio, falésia, mangue e 200 metros de frente para o mar. Como um refúgio para o lazer e o descanso, foram criados vários ambientes que estimulassem a convivência entre hóspedes e um contato mais próximo com a natureza. “Uma arquitetura com vários elementos diferenciados em madeira, trabalhados de uma forma contemporânea”, revela.

Segundo o arquiteto, esse complexo trabalho em madeira, feito por grandes marceneiros, demandou a necessidade de se montar uma marcenaria completa no local. O projeto resgatou o uso da madeira maciça emparelhada misturando-a com o eucalipto, para conferir, aos ambientes, modernidade e sofisticação aliado ao rústico e natural.

Cada detalhe de brises, painéis, forros, esquadrias, guarda-corpo, entre outros, foi cuidadosamente pensado para trazer uma atmosfera sensorial de bem-estar e acolhimento.

Além da madeira, fibras naturais e outros elementos artesanais fazem contraponto com revestimentos importados da Itália, louças da Alemanha, enxoval Trussardi e produtos L’Occitane, unindo sempre o melhor dos dois mundos: a tecnologia e a natureza.

O projeto também levou em conta a preocupação dos empreendedores com o meio ambiente, observa Guerra. Aproveitando as dimensões de um antigo hotel que existia no terreno, preservaram-se todas as espécies de plantas existentes no local. Além disso, o paisagista Felipe Fontes buscou criar uma identidade natural que se unisse a essa flora nativa.

Como itens de destaque, as 130 luminárias pendentes de fibra do restaurante, feitas por vários artesãos da região, formam uma floresta que ilumina, cria efeitos de luz, movimento e poesia.

Fotos do fotógrafo Jomar Bragança, feitas exclusivamente para os ambientes do hotel, revelam um olhar sobre o aspecto cultural da Costa do Descobrimento, expressão da nossa identidade construída por índios, negros e portugueses.

O trabalho da artista Rita Lessa nas peseiras, almofadas e passadeiras partiu do conceito de representar a brasilidade das nossas cores de uma forma contemporânea. “E o maravilhoso projeto luminotécnico do nossa saudosa Mônica Rohlfs, que através de luminárias em LEDS de última geração, criou um ambiente agradável, aconchegante e iluminador”, observa.

“O nome Kûara, que significa “sol” em tupi, valoriza nossa identidade brasileira a partir do momento que nos reforça o que temos de melhor: natureza, matérias-primas, beleza e a energia do sol”, acrescenta Guerra.

David Guerra assina projeto arquitetônico do Kûara Hotel
5 (100%) 1 voto[s]


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!