Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Canouan, no Caribe, é uma boa pedida de destino paradisíaco

30 de abril, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Turismo. Do alto, todo paraíso no Caribe parece igual. Aqueles tons infinitos de azul e verde, poucas nuvens decorando o céu e um convite irrecusável ao dolce far niente. À medida em que o avião se aproxima do pouso, seu sorriso se abre naturalmente. É como um carinho em si mesmo, o primeiro sinal de que você escolheu o lugar certo para curtir as férias.

Para qual ilha viajar?

São 13 países soberanos e 17 territórios dependentes distribuídos em centenas de pequenos pedaços de terra rodeados de um mar deslumbrante. Entre todas as opções, um destino vem ganhando destaque: Canouan.

Quase ninguém ouviu falar ainda, pelo menos no Brasil. É uma das ilhas do arquipélago de São Vicente e Granadinas, ou Saint Vincent and the Grenadines, como batizaram os colonos ingleses. Fica na parte sul do Caribe, perto de Barbados, Santa Lucia e Granada. Aliás, é para o aeroporto dessas outras ilhas que você deve voar para fazer conexão e seguir até o diminuto e super charmoso aeroporto de Canouan.

A pista recebe aviões de pequeno porte particulares, fretados e de uma das pequenas companhias da regional Grenadines Air Alliance, que opera voos diários de 20 a 50 minutos de duração a partir das ilhas maiores mencionadas.

Leia também: Saiba alguns calçados-coringa para colocar na mala

Até por conta da falta de acesso mais direto, Canouan está em alta entre os viajantes que buscam destinos exclusivos e sofisticados. Há quem trace paralelos com St. Barth, mas a vibe local é outra. A ilha é lindíssima, tem praias de cair o queixo, pequenos montes com vistas cinematográficas das baías ao redor e experiências mais low profile.

Águas calmas para velejar, picos ideais para a prática de windsurfe e kitesurfe, um estonteante campo de golfe de 18 buracos, mesas bem servidas de memórias gustativas e cenários perfeitos para ler, namorar e ver as crianças livres a brincar e se divertir.





Não há agito ou necessidade de ver e ser visto. O que impera ali é a contemplação do tempo que todo mundo merece dedicar a si mesmo e às pessoas mais queridas ao redor. É um destino para se viajar a dois, em família e/ou com amigos de verdade. Não aqueles que só curtem as suas fotos no Instagram, mas os poucos e bons que você pode contar em qualquer situação. Já ficou com vontade de fazer as malas e embarcar para Canouan? Então saiba que as novidades não param por aí.

Percebendo esta natureza mais idílica e voltada a um estilo de vida holístico, o Mandarin Oriental decidiu abrir neste recanto a sua primeira unidade no Caribe. Comprou em 2016 um resort boutique que havia sido construído há dois anos, fez pequenas intervenções para alinhar à filosofia da marca e desde julho de 2018 o hotel opera como Mandarin Oriental, Canouan. Não poderia haver estreia melhor.

Leia também: Descubra o luxo guardado pelas belezas do litoral brasileiro

Os satisfeitos hóspedes que já estiveram por lá, em uma das 26 suítes e 13 villas, garantem ter apreciado todos os elementos que fazem a fama deste grupo hoteleiro asiático: design, gastronomia, bem-estar e o lendário serviço. Tudo de forma fiel à herança oriental do MO e ao mesmo tempo refletindo a essência local.

Destaque para as suítes enormes e repletas de um uso elegante do tom rosa choque. Já, para os que apreciam um ar mais contemporâneo, as Patio Villas são uma ode ao melhor do design italiano e têm vista imbatível. Todas as delícias do café da manhã no Lagoon Café ficam ainda mais inesquecíveis com o bom gosto da decoração do seu salão interno e da varanda.

O spa é um santuário tão perfeito quanto brisa fresca de verão. E nada melhor que o sorriso genuíno dos funcionários, caribenhos treinados com o melhor padrão da hospitalidade asiática.

Avalie este conteúdo


Sobre Chris Biagioni:

Com mais de dez anos de experiência no exterior, Chris Biagioni é formada em Administração e Marketing pela European Bussiness School, em Londres. Antes de alçar voo solo e abrir sua própria agência de turismo, focada em hotelaria diferenciada e viagens sob medida, trabalhou por cinco anos na área de marketing. Atualmente, é diretora geral da empresa que carrega o seu próprio nome: Chris Biagioni Viagens Especiais. Com dez anos de estrada, a agência tem sede em Belo Horizonte e uma filial recém-inaugurada em São Paulo.