Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Bush Gardens garante diversão para família

29 de julho, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Parque. O Parque Busch Gardens Tampa fica ao lado de Orlando e possui as maiores montanhas-russas do mundo. Localizado a cerca de 90 quilômetros da cidade de Orlando, em Tampa, a menos de 2 horas de carro de viagem, ele é uma excelente dica de passeio.

O parque era apenas um zoológico, com a intenção de ensinar aos seus visitantes sobre a proteção da vida selvagem. Com o tempo, foram sendo acrescentadas outras atrações ao parque, como as montanhas-russas mundialmente conhecidas Kumba, Montu e Sheikra, e diversas novas atrações, shows, restaurantes e lojas que fizeram do parque um dos mais conhecidos da Flórida.

O parque oferece atrações fascinantes baseadas em encontros com o exótico continente africano e atualmente conta com mais de 2.000 animais. No Busch Gardens, você tem a opção de interagir com os bichos, uma oportunidade única.

Leia também: Aurora Boreal: fenômeno atrai brasileiros

Novidade

Inaugurada em abril deste ano, a Tigris é uma experiência inovadora que leva os aventureiros para voltas em looping, quedas ousadas, uma subida impulsionada de 45 metros de altura e um giro no próprio eixo, tudo isso a quase 100 km/h. A Tigris proporciona uma jornada por mais de 500 metros de trilhos de aço projetados para simular a inspiradora agilidade de um dos felinos mais poderosos do mundo, o tigre.

“A Tigris é um incremento muito forte para a nossa família de atrações radicais já mundialmente consagradas. Com três intensos e empolgantes pontos de arremessos, essa atração é incomparável,” disse o presidente e gerente geral do Bush Gardens Tampa Bay, Stewart Clark. “Essa novidade é a prova do nosso contínuo processo de investimento no parque e traz uma inovadora experiência para nossos visitantes”, acrescenta.

tigris

Atrações

Uma das atrações do parque é a montanha-russa Cheetah Hunt, que simula um guepardo, o animal mais rápido do mundo. Ela é uma das mais rápidas da região e dá a volta em praticamente metade do parque. Ao contrário das outras, a Cheetah Hunt não tem muitos loopings e fica virando de cabeça, pois o objetivo é realmente a velocidade.

Então, para quem tem um pouco de medo desses brinquedos, é uma ótima opção para começar. Por ser uma das atrações mais famosas, é também uma das que tem a maior fila de espera, então, o ideal é ir logo que chegar ao parque ou quando estiver indo embora. De noite, ela fica ainda mais bonita e toda iluminada. Se for uma vez só, vá à noite e aproveite a vista e as luzes do parque.

A montanha-russa dispara o carrinho logo no início, como se fosse um estilingue, e chega a uma velocidade de 100 km/h. A Cheetah Hunt fica em uma nova área do Busch Gardens, a The Realm, que também tem o Cheetah Run, que é uma área com 15 guepardos de verdade – eles podem ser vistos por um vidro, observando quando os treinadores os fizerem praticar exercícios de corrida.

Leia também: Animais da Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador receberão cuidados especiais

Para quem gosta de fazer safári, o parque tem áreas enormes cheias de animais selvagens vivendo livremente. A Planície Serengeti, por exemplo, é uma área ampla de 65 acres – lar de girafas, zebras, rinocerontes brancos, antílopes, impalas e muitos outros animais. Já na área Myombe Reserve você encontra gorilas e chimpanzés em um exuberante ambiente de floresta tropical.

O Edge of África é um intenso passeio a pé para ver leões, hipopótamos e hienas. Existe ainda uma banda denominada Mystic Sheiks of Morocco, que alegra os visitantes com sua música nessas áreas de safári. As interações com animais também valem a pena para as famílias com crianças e para quem não curte as montanhas-russas radicais.

A Montu é mais uma dica de montanha-russa bem intensa no Busch Gardens. Ela chega a mais de 96 km/h, tem vários loopings e sete inversões, ou seja, é radical mesmo. Para os fãs de montanha-russa, é uma das melhores.

A Sheikra é conhecida pela queda em 90 graus, de uma altura de 61 metros, a 110 km/h. O carrinho fica lá em cima, no topo dos mais de 60 metros, por três longos segundos, que fazem com que os visitantes gritem muito e fiquem ainda mais animados.

sheikra

Outra opção muito radical é o Falcon’s Fury, um dos maiores elevadores de queda livre do mundo. Diferente dos outros em que você sobe sentado de forma reta, como se estivesse em uma cadeira, no Falcon’s Fury a cadeira vai se inclinando para trás e, quando chega lá em cima, você está olhando para o chão, o que aumenta ainda mais a adrenalina.

Também foi anunciado que em 2020 uma nova atração radical será inaugurada na área Gwazi, onde ficava instalada a montanha-russa de madeira, que já deixou de funcionar há bastante tempo. Essa outra montanha-russa ainda não tem nome, nem data para inaugurar, mas já se sabe que será híbrida, com parte do percurso em madeira e parte em metal. Além disso, será a mais íngreme e rápida do gênero no mundo.

Onde comer

Uma dica importante no Busch Gardens é onde almoçar, fazer um lanche ou até jantar. O parque possui algumas opções legais de restaurante e lanchonete.

Leia também: Baglioni Relais Santa Croce

O Sahara Snacks é um deles, que, como o próprio nome já diz, é um local para comer snacks como hot dog, frango frito, batatas fritas com queijo e outros lanches. Tem também o Crown Colony House, que funciona no estilo a la carte, fica entre a Montu e a Cheetah Hunt e é mais sofisticado.

cheeta

Já o Zambia Smoke House é um fast-food mais em conta e, para a sobremesa, o Sultan Sweets é boa pedida: uma loja só de doces que fica no começo do parque.

Bush Gardens garante diversão para família
5 (100%) 1 voto[s]


Sobre Adriana Willcox:

Adriana Willcox, 44 anos, designer gráfica, trabalha há 20 anos na editoração gráfica do Jornal da Cidade atuou na atualização do projeto gráfico do jornal. Também é correspondente internacional diretamente de Miami, onde reside atualmente. Escreve a coluna "Taste of America" que mostra as novidades e um pouco do que está acontecendo nos EUA.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!