Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Belo Horizonte recebe o Seminário Cidades e Destinos Turísticos Inteligentes

19 de setembro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Iniciativa. Evento organizado pela Belotur promove dois dias de palestras, painéis e workshops com profissionais reconhecidos internacionalmente

Até esta sexta, dia 20, o auditório JK da Prefeitura de Belo Horizonte recebe a segunda edição do Seminário Cidades e Destinos Turísticos Inteligentes. O evento, que faz parte do “fuTURISMO – Programa de Pesquisa e Inovação Turística”, tem como objetivo estimular e promover o debate sobre as políticas públicas e sobre as iniciativas de mercado voltadas para o tema das cidades e dos destinos turísticos inteligentes. A programação conta com a participação de profissionais reconhecidos internacionalmente para dois dias de painéis e workshops. As inscrições estão esgotadas.

“O conceito de cidades inteligentes se define pelo uso da tecnologia para melhorar a infraestrutura urbana. Atenta aos movimentos globais relacionados ao tema, a Belotur, como órgão competente pelas políticas públicas e desenvolvimento das atividades turísticas em Belo Horizonte, continua na busca por estimular o debate crítico e o apoio à inovação que reforça o desenvolvimento sustentável do turismo na capital mineira”, afirma Gilberto Castro, presidente da Belotur.

Leia também: Pela primeira vez, BH recebe Show da Casa Própria

O seminário está dividido entre painéis, na parte da manhã, e workshops à tarde. O primeiro dia, quinta, dia 19, foi dedicado a estudos de casos e oficinas relacionadas à temática das cidades inteligentes. Os presentes puderam conferir apresentações de exemplos de sucesso e boas práticas internacionais que tornam os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver.

O evento teve início com o painel “As transformações digitais e o futuro do turismo urbano”, mediado pela consultora em Turismo Digital Marta Poggi e com a presença de Carlos Krauel, diretor da Tocks Projects Cartagena de Índias na Colômbia, Nicole Facuri, coordenadora-geral de Meio Ambiente, Cultura e Economia do Ministério do Turismo e Jaume Marin, diretor de Marketing da Província de Girona, na Espanha. Na parte da tarde, o evento teve dois cursos:  de Branding e de Transformação Digital.

Na sexta-feira, dia 20, o foco é a gastronomia como elemento indutor dos destinos turísticos inteligentes. A proposta é tratar sobre o futuro do setor, das relações e dinâmicas do turismo gastronômico e dos processos inovadores neste segmento de relevância para vários destinos turísticos.

Leia também:Startup de serviços automotivos aposta na lavagem ecológica

Rusty Marcellini, pesquisador e comentarista de gastronomia, mediará o painel “As práticas inovadoras e os destinos turísticos gastronômicos”, que tem como palestrantes convidados Clément Chevrette, diretor da Smart Food Paris, Cesar Lopez Lazo, vice-presidente da Peruvian Experience Lima, Santiago Edo, fundador e CEO da Reviewr Florianópolis e Mariana Gontijo, idealizadora e proprietária do Armazém Roça Grande, em Belo Horizonte. A programação segue na parte da tarde, com workshops de Storytelling e Design Thinking.

Vale lembrar que o destaque para o segmento corrobora o trabalho desenvolvido pela Belotur em prol da candidatura de Belo Horizonte para integrar a Rede Cidades Criativas da Unesco pela Gastronomia. O seminário foi incluído no dossiê de candidatura como um dos processos de desenvolvimento gastronômico de Belo Horizonte.

fuTURISMO

Nos últimos dois anos, a Belotur tem trabalhado o estímulo, fomento e desenvolvimento de ações permeadas pela inovação, criatividade e tecnologia, por meio do programa denominado fuTURISMO – Programa de Pesquisa e Inovação Turística. Ele tem como objetivo potencializar Belo Horizonte como um polo de inovação e desenvolvimento digital no setor do turismo, para consolidar a capital mineira como um destino turístico inteligente, competitivo e sustentável. O Seminário Cidades e Destinos Turísticos Inteligentes é uma das ações desenvolvidas dentro do programa.

O programa fuTURISMO mescla em seu título duas palavras (futuro / turismo) em uma derivação para designar o conjunto de diretrizes, critérios, medidas e ações que a Belotur prepara para incorporar em sua atuação como órgão de desenvolvimento e fomento das atividades turísticas e associadas em Belo Horizonte.

A inspiração para o nome parte da perspectiva de que o turismo trabalha cada vez mais sob as previsões e projeções práticas e teóricas ao lidar comportamentos dos consumidores e as tendências do setor que passam por mudanças dinâmicas em decorrência dos avanços tecnológicos e dos novos perfis dos turistas.





Fotos: Arquivo PBH/Samuel Gê


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário