Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Aniversário de Ouro Preto é marcado por turismo virtual

08 de julho, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Tecnologia. Em tempos de pandemia, viajar não é a melhor opção, mas só fisicamente. Que tal visitar um dos lugares incríveis de Minas Gerais, que completa 308 anos nesta quarta-feira, 8, e conhecer cidades históricas, patrimônios culturais tombados, obras de arte a céu aberto, tudo isso sem sair de casa?

Por meio do Portal Minas Gerais, coordenado pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), estão disponíveis várias visitas virtuais para quem estiver disposto a se aventurar nesta forma de experiência, que possui alto grau de imersão e realismo.

Ao todo, a plataforma oferece mais de 100 pontos turísticos e destinos mineiros que podem ser visitados no portal, utilizando a ferramenta “Minas em 360 graus”, recurso que une imagens aéreas captadas por drones e fotos panorâmicas feitas em solo. A navegação é simples, bastando clicar nas setas para seguir na direção desejada ou nos ícones de helicópteros para ter a visão de como a cidade é distribuída e onde se localizam os principais atrativos.

Leia também: Tenha a Estrada Real no radar quando tudo isso passar

Ouro Preto

Outro site que oferece a possibilidade de imersão online na cidade mineira é o Era Virtual. Você pode visitar o interior das igrejas e ver seus detalhes arquitetônicos. A visita abrange as paróquias de N. S. do Pilar, de N. S. da Conceição e de Santa Efigênia. Além disso, pode conhecer um pouco mais de Ouro Preto, onde se concentram belos exemplares deste patrimônio histórico que ajudou a definir o que foi o período colonial, assim como garantiu o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, dado pela UNESCO.

O desenvolvimento de Vila Rica, no século XVIII, sempre esteve vinculado à extração do ouro. A cidade tanto chamou a atenção da Coroa portuguesa, que se tornou a capital de Minas Gerais. No entanto, a opulência das construções religiosas dessa época deve-se mais às comunidades leigas do que ao Estado português. Essas associações também foram responsáveis, em grande parte, pelo funcionamento do cotidiano urbano e pela produção cultural dessa época. A cultura barroca passou a evidenciar tanto as experiências estruturadas no estilo arquitetônico e no cotidiano, o que caracterizou a paisagem cultural da cidade desde os primeiros tempos até os dias de hoje.

 


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário