Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Inovação no segmento ótico brasileiro

14 de fevereiro, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Bate papo. Premiação em Orlando reconheceu empresas brasileiras que investem em excelência e inovações no setor

No começo deste mês, Orlando foi palco de uma das mais respeitadas premiações internacionais de inovação e varejo do segmento de óticas e laboratórios fabricantes de lentes e produtos oftalmológicos do mundo, o Transitions Innovation Awards 2020. O prêmio reconheceu empresas da América Latina, Estados Unidos e Canadá nas categorias Varejo e Laboratório do Ano. Apenas duas redes de ótica foram selecionadas no Brasil para concorrer à premiação de melhor empresa de varejo do segmento, e a rede mineira Centro Visão levou o prêmio.
O Jornal da Cidade conversou com o empresário Fernando Cardoso, que está à frente da vencedora da categoria, para saber das novidades do mercado. Confira:

Como foi receber a notícia de que seriam, juntamente com outra empresa, as únicas que representantes do Brasil nessa premiação? 
Foi uma honra. Representar o País em um evento internacional do porte do Transitions Innovation Awards 2020 e ainda receber o título de melhor empresa de varejo só nos faz ter certeza de que estamos caminhando na direção certa.

Como representante do segmento óptico em nível mundial, que inovações mais importantes você destacaria?
Uma das mais importantes foi a chegada ao mercado das lentes de contato com tecnologia de luz inteligente Transitions. Ela proporciona a correção da visão adequando-a ao nível de luz do ambiente. Trata-se de uma categoria totalmente nova de lentes de contato, que começam a escurecer assim que são expostas aos raios UV ou luz visível de alta energia (HEV), escurecendo em 45 segundos – e retornando do escuro para o claro dentro de 90 segundos quando se passa de um ambiente exterior para o interior. A tecnologia ajuda a reduzir a exposição dos olhos à luz intensa, incluindo da luz azul de celulares, computadores e etc. Realiza o bloqueio dos raios UV que podem afetar o conforto dos olhos, a visão e a saúde ocular. São as únicas lentes de contato que fornecem 100% de proteção contra os raios UVB.

Leia também: Entrevista com Fábio Ribeiro Ferreira

Outra grande inovação é a tecnologia Visioffice. Um espelho integrado a uma câmera de alta resolução é ligado a um dispositivo com sensores, que é localizado sobre a armação escolhida. O equipamento permite o cruzamento de dados personalizados de postura da cabeça, olho dominante e centro de rotação ocular e, dessa forma, consegue maior precisão na centralização e confecção da lente proporcionando alta resolução personalizada. Até então, havia a adaptação da pessoa à lente, essa tecnologia personaliza a movimentação do pescoço, do olho, etc.

O Brasil acompanha os avanços tecnológicos mundiais do segmento?
Com relação ao acesso às tecnologias disponíveis para o público, sim. A maioria das nossas unidades de BH disponibilizam as tecnologias citadas acima. Nosso país possui, no entanto, particularidades que tornam o ambiente desafiador. Em nível estrutural, há os desafios comuns a todo empreendedor, algo que tem melhorado, aos poucos, no sentido de facilitar a manutenção e crescimento dos negócios. Já em nível cultural, a mudança demanda muitos anos e conscientização. O brasileiro não costuma, por exemplo, se planejar e se prevenir. No segmento óptico isso afeta diretamente as vendas – não possuímos o hábito do óculos reserva. Às vezes, temos produtos supérfluos aos montes, mas não os óculos, e uma pessoa que depende de óculos não consegue fazer nada sem ele. Quando falamos de óculos multifocal, por exemplo, o tempo de confecção é maior, e a pessoa ficaria de 7 a 15 dias sem conseguir enxergar direito. Essas mudanças comportamentais levam tempo, mas acredito que as pessoas estão cada vez mais conscientes com relação à saúde, e a saúde ocular também vem se beneficiando.


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário