Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Francês premiado incrementa time do Alma Chef

15 de setembro, 2018
Luís Otávio Pires/Fotos Rafael Motta e LOP
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Gastronomia. Depois de uma certa decepção com o desempenho de seu restaurante no badalado Mercado da Boca e de quase retornar à terra natal, o premiado chef francês Emmanuel Ruz (foto) – ele possui uma estrela Michelin no currículo – parece que finalmente se achou em Belo Horizonte.

Mais especificamente no Alma Chef, onde desde o início de setembro lidera uma super equipe para oferecer seu talento aos refinados clientes do restaurante em Lourdes.

Para justificar sua decisão de ficar no Brasil, Ruz admite uma empatia imediata com o ambiente e, sobretudo, com o proprietário Thiago Guerra que, claro, aceitou sem titubear o novo funcionário.

Ruz e Thiago: empatia imediata

Para Thiago foi a fome com a vontade de comer, já que Emmanuel pretende resgatar a essência do restaurante, fundado em 2014. “Voltaremos com as aulas, com o empório e com a padaria. Queremos uma casa que transpire gastronomia”, observou o empresário, que enfatiza o atendimento e a hospitalidade como marcas registradas do Alma Chef.

Nesta busca por oferecer uma experiência completa aos clientes, o novo chef promete inovar nas panelas. “O cardápio terá comida mineira usando técnicas da culinária francesa”, revela.

Prévia das novas opções

Uma prévia das novas opções pôde ser degustada durante evento realizado na semana passada para influenciadores digitais e jornalistas especializados.

Ao grupo, Ruz mostrou logo a que veio com entradas refrescantes, pratos com muitas pitadas da gastronomia mineira, assim como as sobremesas tão belas quanto apetitosas.

O menu degustação começou com uma feijoada desconstruída, ou seja, o aspecto era diferente, mas com o mesmo (e ótimo) gosto da preferência nacional. Já o segundo prato veio assim: ovo perfeito, purê de batata doce e creme de cogumelos trufados.

Na sequência, foi servido um salmão envolto em taioba, nhoque, creme de alho e agrião. Para finalizar os “quentes”, eis que apareceu um carré de suíno ao molho de goiaba e risoto de milho branco.

Para os amantes das doçuras, um tarte citron com sorbet de cachaça e depois um tarte tatin de manga.

A noite foi harmonizada com espumante Arte Brut e um vinho tinto Carbernet Sauvignon, ambos da gaúcha Casa Valduga. Também havia cerva da mineira Wälls e drinque de gim com limão cravo, Sweet and Sour e suco de laranja.

Novidade por aí

Além do premiado chef francês, o Alma Chef anunciou outras novidades, para a alegria dos frequentadores fiéis e novos clientes.

Uma delas é um empório com produtos próprios, tais como molhos artesanais, carnes especiais e frios.

Também será inaugurada em outubro uma padaria e confeitaria, sob o comando da filha mais velha do chef francês, Axelle Ruz, de apenas 19 anos, mas como certa experiência na área.

O restaurante avisa ainda que voltará a servir almoço, de segunda a sábado, cujo menu vai seguir uma linha bistrô.

Outra atração acontece às quintas-feiras: Emmanuel Ruz apresenta um menu degustação com seis tempos.

Confira outras imagens na galeria abaixo:

Outras matérias sobre gastronomia no site estão neste link