Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Entrevista com Fernando Reis Jr. da Restaurant Week

01 de junho, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Entrevista. CEO da Restaurant Week revela os segredos por trás de um dos principais eventos de gastronomia do País

Um dos principais festivais gastronômicos do País agita a capital mineira até o dia 9 de junho. A já tradicional Restaurant Week chega à sua 18ª edição em BH, oferecendo menus especiais de 40 restaurantes por um preço fixo no almoço ou no jantar. Desta vez, o tema é “Do campo à mesa” e os chefs foram desafiados a criar pratos utilizando ingredientes frescos – vindos de agricultores locais, silvestres, típicos e da estação, remetendo às tradições. O resultado? Receitas tipicamente caipiras, rústicas e de família.

Por trás desse festival grandioso está Fernando Reis Jr. CEO da Restaurant Week no Brasil, ele explica que o objetivo do evento é “gerar oportunidades e acesso à boa gastronomia”. Com isso, a expectativa para este ano é gerar faturamento superior a R$ 2,5 milhões.

Leia também: Visitas educacionais, mediadas e em libras no CCBB

Nesta entrevista ao JORNAL DA CIDADE, Fernando conta mais sobre a história da Restaurant Week e revela o que o público pode esperar para a próxima edição – quando o festival completará dez anos em BH. Confira:

 JORNAL DA CIDADE Como surgiu a ideia de criar o festival?

 Fernando Reis Jr.: Trazer o evento para o Brasil partiu da ideia de gerar oportunidades e acesso à boa gastronomia. Proporcionar ao público experiências nos restaurantes mais desejados. Conhecer os restaurantes que você sempre sonhou por preços que você nunca imaginou.

Como é feita a seleção de restaurantes participantes?

Acompanhamos o movimento gastronômico das cidades, assim convidamos os restaurantes que estão no gosto do público e que mais atendem aos critérios de cardápio e ambientação.

Como o tema é definido?

Toda edição é um aprendizado para as próximas, entendemos as tendências gastronômicas e oportunidades do mercado, através de estudos e diálogos com os chefs e proprietários dos restaurantes.

Os chefs participam dessa decisão?

Sim, mantemos sempre um diálogo com os chefs mais envolvidos no projeto, entendendo as necessidades e sugestões de acordo com a experiência de quem vive o outro lado da operação. Isso nos ajuda a tomar decisões mais assertivas e produtivas, no que diz respeito a criação dos cardápios.

Leia também: Segmento de comida saudável cresce cerca de 98% e torna-se bom negócio

Como funciona o festival em cada cidade? Existem diferenças?

A Restaurant Week segue o mesmo conceito em todas as cidades, apresentar os melhores restaurantes, com valor fixo e cardápio especial com opções de entradas, pratos principais e sobremesas, num período de sazonalidade.

Cada cidade apresenta suas particularidades. Procuramos entender e respeitá-las. Assim, toda edição é única, porém típica e dentro do mesmo formato e conceito proposto. Temos valores diferentes, de acordo com o consumo de cada região, além disso, categorias de participação, como o Menu Premium, para restaurantes premiados, como Bib Gourmand e estrelados do Guia Michelin, que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro.

BH é candidata a Cidade Criativa da Unesco pela sua gastronomia. Você acredita que festivais como a Restaurant Week contribuem para que a capital mereça esse título?

Muito provavelmente! A Restaurant Week é um momento especial no cenário gastronômico local, esperado por todos na cidade, então os chefs se dedicam e elaboram cardápios inusitados, tradicionais, com ingredientes que contribuem para uma percepção da gastronomia como experiência criativa, para apreciar sabores e refletir sobre a arte que está sendo servida.

Quais os números do festival em BH na última edição e qual a expectativa para 2019?

Na última edição reunimos um público de aproximadamente 40 mil pessoas. Nesta edição esperamos levar aos restaurantes um faturamento superior a R$ 2,5 milhões.

Você já está planejando a 19ª edição?

Sim, estamos acompanhando e estudando a edição atual e nos planejando para as novidades da próxima edição.

Já pode adiantar alguma novidade para o próximo ano?

Teremos boas novidades. No próximo ano completamos 10 anos na cidade. Estamos pensando em novidades para trazer hamburguerias ao evento.

Foto: Elias Gomes


Sobre Natália Vilaça:

Natália Vilaça, editora, 32 anos. É jornalista formada pelo UniBH, pós-graduada em Revisão de Textos pela PUC-MG, com dez anos de formação. Em sua carreira, teve passagens por agências de comunicação empresarial e está há mais de seis anos na equipe do Jornal da Cidade, onde produz conteúdo principalmente – mas não exclusivamente – para as seções Atualidade, Sociedade, Noivas e Bem-Estar. Também é formada em Estética e Cosmética pelo UniBH e acompanha todas as novidades do mercado de saúde e beleza.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Beatriz 1 de novembro de 2019

    Boa tarde, Natália.

    Vc poderia me informar o contato do Fernando Reis?

    Desde já grata,

    Beatriz

Avatar
Deixe um comentário