Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Defensoria Pública mineira promove 4ª campanha de arrecadação para crianças

16 de setembro, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Solidariedade. A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) abriu uma campanha de arrecadação de brinquedos, calçados, produtos de higiene e alimentos que serão destinados às crianças e familiares dos sobreviventes do incêndio da Creche Gente Inocente, ocorrido em outubro de 2017, em Janaúba, no Norte do estado.

A antiga creche foi demolida e deu lugar ao Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Professora Helley de Abreu Silva Batista, em homenagem à educadora heroína que foi uma das pessoas mortas na tragédia.

Esta é a quarta campanha organizada pela Defensoria Pública mineira voltada para as crianças e familiares das vítimas do incêndio intencional que causou a morte de 14 pessoas, entre as quais 10 crianças, Helley Abreu e outras duas professoras; além do vigia responsável pelo incêndio.

Leia também: Defensoria Pública de Minas realiza, em média, 7 mil atividades por dia

Promover a cidadania e a valorização da pessoa humana e auxiliar na subsistência das famílias das vítimas em situação de vulnerabilidade financeira são os objetivos do projeto, que tem o nome “Gente Inocente”.

A iniciativa também tem a intenção de proporcionar um momento de alegria às crianças atingidas pelo incêndio, no mês em que se comemora o Dia das Crianças.

No dia 5 de outubro, a Defensoria Pública de Minas Gerais fará a entrega simbólica das doações ao representante da Associação das Vítimas da Tragédia em Janaúba (AVTJana). A data marca o terceiro ano da tragédia. De 5 até 12 de outubro, as doações serão distribuídas para as famílias atingidas pelo incêndio.

A expectativa é que a arrecadação seja suficiente para beneficiar também as famílias das crianças que atualmente frequentam a nova creche.

Para doar

As doações poderão ser entregues até 4 de outubro na sede da Defensoria Pública de Minas Gerais em Belo Horizonte (Rua dos Guajajaras 1.707, Barro Preto), na Defensoria Pública em Janaúba (Rua Américo Soares, 567, São Gonçalo) e na Defensoria Pública em Montes Claros (Av. Doutor João Luiz de Almeida 454, Vila Guilhermina).

A ação é coordenada pela Defensoria Pública de Minas, em parceria com a Associação das Vítimas da Tragédia em Janaúba (AVTJana), a Cemei Professora Helley de Abreu, e com o apoio de instituições públicas e empresas privadas.

Atuação da DPMG

Desde a tragédia, e, 2017, a Defensoria Pública de Minas tem acompanhado e trabalhado em defesa dos atingidos e suas famílias, atuando em três eixos: apuração do episódio; acompanhamento e destinação das doações; e acompanhamento do atendimento médico e psicológico às vítimas e familiares.

Além da permanente atuação extrajudicial, a DPMG tem ajuizado ações individuais e coletivas para indenizações às vítimas e familiares do incêndio, entre elas a ação civil pública interposta contra o município de Janaúba para indenização das vítimas e ações na área de saúde.


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário