Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Crítica: Homem Aranha: Longe de Casa (SEM SPOILERS)

04 de julho, 2019
Por: Helena Ivo
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Cinema. O melhor amigo da vizinhança está de volta às telonas. “Homem Aranha: Longe de Casa” estreia hoje, 4, e traz Peter Parker (Tom Holland) tentando curtir férias em cidades deslumbrantes da Europa, quando é impedido por seres que ameaçam a Terra.

Por que é bom?

 “Homem Aranha: Longe de Casa” funciona bem em diferentes aspectos: humor, ação, romance e situações cotidianas. Os roteiristas Chris McKenna e Erik Sommers acertaram nos desafios encarados pelo super herói e em mostrar a parte humana de Peter, afinal, ele é apenas um garoto de 16 anos. 

Justamente pela pouca idade de Parker, o longa mostra insistentemente – e com coerência – como o jovem está cansado de todas as responsabilidades que lhe foram atribuídas desde que entrou para os Vingadores e como ele só gostaria de viver um pouco sua vida pessoal com seus amigos e com MJ (Zendaya), seu interesse amoroso. 

Em “Homem Aranha: Longe de Casa”, Peter e seus amigos fazem uma viagem à Europa

Apesar de bater muito nessa tecla, o roteiro também aponta a importância da dedicação do Homem Aranha como um super-herói que enfrenta sérias ameaças que humanos comuns possivelmente não conseguiriam vencer, o que faz com que o jovem acabe cedendo aos pedidos de Nick Fury (Samuel L. Jackson) e ao legado deixado por Tony Stark (Robert Downey Jr). 

Leia também: DreamWorks: Filmes são exibidos gratuitamente

O foco dado na vida pessoal de Peter Parker é interessante, principalmente, por se tratar de um filme solo do herói, porque mostra seus medos, inseguranças, sonhos e perspectivas, como ele lida com todas essas questões e ainda é motivado a ajudar causas maiores que ele. E não pára por aí. Personagens como MJ, Happy (Jon Favreau), tia May (Marisa Tomei) e Ned (Jacob Batalon), o melhor amigo de Peter, também voltam a ganhar destaque e deixam a trama mais agradável.

Tom Holland, como sempre, foi super convincente e cativante ao encarnar o garoto do Brooklyn e conseguiu transmitir ao público suas emoções durante todo o longa. É impossível não torcer pelo Homem Aranha e ouso dizer que é impossível não se encantar com o protagonista.  

O vilão, Mysterio, é interpretado por Jake Gyllenhaal. O ator que já brilhou em filmes como O Abutre (leia a crítica) e Animais Noturnos, mais uma vez deu um show e um toque especial na trama. Seu carisma é essencial para a contextualização do personagem e o torna realmente um enigma, alguém que faz jus à presença em tela. 

Jake Gyllenhaal interpreta Mysterio, um vilão com poderes tecnológicos de impacto

A direção de Jon Watts, também responsável por “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, é bem eficaz, nos emergindo principalmente nas cenas de ação, que não são poucas. Longe de Casa é um filme de comédia, comédia romântica, ação, super-herói e até mesmo drama, em uma única obra. As piadas, que já fazem parte das características de filmes da Marvel, continuam originais, simples e eficientes. 

Outro ponto interessante no longa é o fato de ele se passar em locações menos habituais para histórias do gênero como República Tcheca, Alemanha e Itália. A fotografia e os efeitos especiais nas cenas de ação e nas que envolvem tecnologias avançadas são críveis e verdadeiramente impressionantes. 

Leia também: “Ted Bundy – A Irresistível Face do Mal” ganha primeiro trailer

“Homem Aranha: Longe de Casa” não é o melhor filme do Universo Cinematográfico da Marvel, até porque encarar oponentes mais perigosos que o Thanos após “Vingadores: Guerra Infinita” e “Ultimato” será um desafio das próximas produções do universo, mas acerta tanto na abordagem do super herói quanto na vida de Peter e surpreende com a boa construção de Mysterio, que quase nos convence a simpatizar com ele. 

Peter Parker com uma de suas inúmeras versões de uniforme criadas por Tony Stark

O romance do longa, protagonizado por Peter e MJ, é leve e agradável de se ver e a personagem de Zendaya conquista facilmente nossa atenção, ainda mais que em “Homem Aranha: De Volta ao Lar”.

Cenas pós créditos:

Atenção aos apressados! Vale a pena ficar até o final para assistir as cenas no meio dos créditos e as pós créditos, pois além de um eastegg relacionado aos filmes com Tobey Maguire, o primeiro ator a interpretar o super-herói nas telonas, ainda são reveladas informações muito importantes para as tramas seguintes.

“Homem Aranha: Longe de Casa” já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Nota: 8/10

Assista ao trailer:

Leia aqui todas as críticas do Jornal da Cidade.

Foto: Sony Pictures

Crítica: Homem Aranha: Longe de Casa (SEM SPOILERS)
5 (100%) 12 voto[s]


Sobre Helena Ivo:

Helena Ivo, redatora, 25 anos. Graduada em Jornalismo pela PUC Minas, especialista em Marketing de Relacionamento, Eventos e Comunicação Empresarial pelo Instituto Superior de Comunicação Empresarial de Lisboa e em Produção de Conteúdo para a Web e Marketing de Conteúdo Avançado pela Universidade Rock Content. Já foi assessora de imprensa na Agenda Comunicação Integrada e social media em agências de Comunicação Empresarial. Apaixonada por cultura, já fez cobertura de eventos empresariais e shows nacionais e internacionais como Humberto Gessinger, Lana Del Rey e Kings of Leon. Atualmente é redatora no Jornal da Cidade BH e nas horas vagas é crítica de cinema e séries no Mundo Hype.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!