Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Cinco filmes para viajar sem sair de casa

15 de junho, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Cinema. A pandemia colocou muitos planos de viagem no modo de espera. Países entraram em quarentena, fecharam fronteiras e impediram a circulação. Agora, alguns deles ensaiam a volta de algumas atividades e o relaxamento do confinamento. Mas ainda se está longe de poder viajar na hora em que se quiser para onde quiser. Para não perder o costume, contudo, existem filmes capazes de levar o espectador a uma viagem por vários lugares com seus protagonistas.

Veja, então, cinco produções para você rodar por aí em tempos de isolamento social. É só ficar à frente da TV e embarcar nessas viagens.

303

Este filme romântico alemão dirigido por Hans Weingartner é daquele tipo que você sabe como vai terminar, mas acompanha até o fim. No caso, os simpáticos Jan (Anton Spieker) e Jule (Mala Emde) viajam da Alemanha até Portugal no trailer modelo 303, passando por vilarejos, pequenas cidades e algumas belas paisagens, principalmente na Espanha. Diz a sinopse: “A caminho de Portugal para ter uma importante conversa com o namorado, Jule aceita dar carona para Jan, que vai visitar na Espanha o pai que jamais conheceu. O começo é difícil, mas, quando finalmente se entendem, engatam uma série de debates intensos sobre os mais diversos assuntos ao longo da estrada, adiando a despedida e se conhecendo cada vez melhor”. Nos canais HBO.

Comer, rezar, amar

O filme de 2010 é dirigido por Ryan Murphi, tem Julia Roberts no papel principal e Javier Barden no elenco. Liz Gilbert era casada, tinha uma boa casa e uma carreira. Mas vem o divórcio e se instala um momento de mudança em sua vida. Confusa sobre o que é importante em sua vida, embarca em uma viagem de autodescoberta que passa por Itália, Índia e Bali. Disponível na Netflix.

Leia também: Adoráveis Mulheres: o clássico que se mantém atual

Sob o sol da Toscana

O nome já dá a dica: a região italiana da Toscana é um dos ingredientes mais atraentes deste filme de 2003 dirigido por Audrey Wells e estrelado por Diane Lane. Ela interpreta a escritora Frances Maye, que fica na pior ao descobrir que era traída pelo marido. Uma amiga sugere, então, uma viagem à Toscana para tentar recomeçar a vida e vencer o bloqueio criativo que vivia. Ela vai, e as coisas começam a mudar – para melhor. No Telecine, Google Play e iTunes.

Antes de partir

Estrelado por Morgan Freeman e Jack Nicholson e com Sean Hayes no elenco, este filme de 2007 é dirigido por Rob Reiner. Conta a história do bilionário Edward Cole (Nicholson) e o mecânico Carter Chambers (Freeman), dois pacientes terminais em um mesmo quarto de hospital. Quando se conhecem, resolvem escrever uma lista das coisas que desejam fazer antes de morrer e fogem do hospital para realizá-las, o que os leva para China, França, Índia, Egito e Himalaia. Disponível na Netflix.

Garotos de Programa

Este drama de 1991 dirigido por Gus van Sant com Keanu Reeves e Rever Phoenix foi aclamado pela crítica. Conta a história de Mike Waters (Phoneix), que, juntamente com Scott Favor (Reeves), sai em uma jornada pelo estado americano de Idaho em busca de sua mãe. Os dois se envolvem com prostituição e muitos problemas. Mike é portador de narcolepsia, que provoca ataques de sono profundo quando sofre fortes emoções. Um trecho da história se passa na Itália. No Google Play e YouTube.


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário