Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Caê Restaurante Bar

16 de fevereiro, 2018
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Gastronomia. Depois de sete anos na cozinha de um dos mais tradicionais restaurantes de BH, A Favorita, o chef Caetano Sobrinho abriu seu próprio gastrobar, um mix de bar e restaurante com o melhor da gastronomia brasileira. Essa é uma tendência que vários chefs andam seguindo ao fazer uma boa comida usando ingredientes simples com técnicas apuradas e serviço descomplicado e menos formal. A casa do Caê tem ambiente moderno e muito bem decorado. Logo na entrada avista-se uma geladeira retrô que foi adaptada para servir de adega. A queijeira também fica à mostra no salão de entrada, onde Caetano guarda os queijos mineiros artesanais que são usados nos pratos. Os mais maturados compõem a tábua de queijos.

Como um autêntico mineiro, o ideal é começar pela seleção de queijos e embutidos (R$ 47). Provei do Catauá maturado por 90 dias da Serra da Mantiqueira, queijo do Serro do produtor Taco e queijo Canastrada do Miguel, ambos de 120 dias, e o queijo Senzala, da Fazenda Caxambu (Araxá), que ganhou medalhas de ouro e super ouro no Salão Internacional do Queijo de Tours 2017, na França. Cada semana tem um produtor diferente. Outro bom começo também é pela porchetta artesanal com picles de beterraba (R$ 29) ou pelo rosbife de filé mignon com dijon e alcaparras recoberto por finas fitas de queijo do Taco (R$ 35). Os pães que acompanham são da Du Pain, padaria de sucesso do Mercado Central.

Aqueles que gostam de passar a noite petiscando vão se esbaldar com as nove opções que variam de R$ 28 a R$ 56. A coxinha de carne de sol com requeijão cremoso (R$ 30 com 6) é imperdível. O pastelzinho de queijo Minas curado (R$ 28 com 6) acompanha um delicioso chutney de cebola caramelizada. O torresmo de barriga estava bem macio, em contraste com uma casca sequinha e crocante, já que é feito no forno (R$ 45). Vem acompanhado de mandioca cozida na manteiga de garrafa e vinagrete de tomate e limão cravo. Bochecha de porco (R$ 36) ou língua de boi são pedidas certeiras, externamente macias e com molho de um tempero de babar ao lado de uma farofa de pão crocante e refogado de cebola.

O menu conta ainda com 13 opções de pratos principais, entre arroz de bacalhau (R$ 45), arroz de costelinha suína (R$ 38), fideuá de galinha caipira (R$ 41), tagliatele com bolonhesa de rabada (R$ 38), tilápia grelhada (R$ 43), bobó de camarão (R$ 62), panturrilha suína (R$ 52) e bife Ancho uruguaio (R$ 59), que ainda voltarei para provar, pois me esbaldei de petiscos e não sobrou espaço. Sugiro como sobremesa a queca de castanhas brasileiras com sorvete de baunilha e doce de leite Rocca (R$ 19).

Nada como coquetéis refrescantes para saborear com os petiscos, não é mesmo? No Caê, a carta de drinks foi elaborada em parceria com o mixologista Tiago Santos. O drink que leva o nome da casa é feito com rum, sucos de limão e laranja, capim limão e abacaxi (R$ 21). Já o Moscow Mule versão exclusiva do Caê é feito com vodka, ginger ale, pepino, suco de limão e espuma de gengibre (R$ 23). Esses dois me conquistaram, pois são os mais cítricos. Para acompanhar os pratos principais, a carta de vinhos engloba 18 rótulos, sendo possível escolher um cabernet sauvignon chileno de R$ 58 ou até mesmo um Bordeaux de R$ 164. Os cervejeiros não foram esquecidos e sete estilos da artesanal mineira Capa Preta estão presentes no cardápio (de R$ 28 a R$ 40), além da versão chopp (R$ 16). Também tem chopp Heineken e long neck a R$ 9.

Toda semana tem novas sugestões de pratos e petiscos. Comida de primeira, ambiente descolado e garçons animados. Ótima pedida para comemorações, principalmente no espaço ao ar livre, onde fica a jabuticabeira: uma parte mais reservada do restaurante onde cabem até 40 pessoas.

Quer saber mais?
facebook.com/caerestaurantebar
Instagram: @caerestaurantebar

Detalhes
Horários: terça a sexta, das 18h à 0h.
Sábado, das 12h à 0h.
Domingo, das 12h às 17h.
Capacidade: 90 lugares
Inaugurado em novembro de 2017
Taxa de rolha: R$ 30 Carta de vinhos: 18 rótulos

Onde
Chef Caetano Sobrinho
Especialidade: comida brasileira
Endereço: Rua Outono, 314 – Sion – Telefone: (31) 2528-2244