Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

BH pode ser cidade criativa da gastronomia pela Unesco

01 de junho, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Valorização. Belotur envia até o próximo dia 4 de junho dossiê com o conteúdo exigido para a candidatura da capital mineira

A torcida é grande pela candidatura de Belo Horizonte para a Rede das Cidades Criativas da Gastronomia pela Unesco. O dossiê completo com o conteúdo exigido pelo regulamento do concurso será entregue no próximo dia 4 de junho, primeiro para a Unesco Brasil. Quinze dias depois, a entidade ligada à ONU irá escolher duas cidades para participar da final mundial coordenada pela Unesco França.

A mobilização está sendo feita pela PBH, através da Belotur, para quem a capital mineira tem grandes chances de estar na lista das vitoriosas. Na opinião do presidente da Belotur, Gilberto Castro, Belo Horizonte é cidade-síntese desses sabores e saberes mineiros, pois esbanja criatividade e talento gastronômico.

Leia também: Exposição “Menus da Belle Époque” chega a BH e Tiradentes

Além disso, segundo ele, a cidade valoriza os ingredientes regionais, que podem ser experimentados nos tradicionais botecos, restaurantes especializados e nos mais diversos festivais e eventos gastronômicos que fazem parte de seu cotidiano.

“Fruto desta vocação é o empenho permanente da cidade em consolidar um amplo e abrangente programa de ações públicas, em parceria com a cadeia produtiva, que abarca a gastronomia e a cultura alimentar como eixo central de uma agenda de desenvolvimento urbano sustentável, promovendo o fortalecimento deste segmento no contexto da economia criativa”, afirmou.

Tão importante quanto à papelada exigida pelo regulamento do concurso foram as ações planejadas pela Belotur. Como os encontros e oficinas técnicas realizados com representantes da cadeira produtiva da gastronomia e de outros segmentos que dialogam com a Rede de Cidades Criativas da Unesco.

Leia também: AVEC Bistrô

Uma das ações foi o convite para que cerca de 40 influenciadores digitais e blogueiros especializados em gastronomia se engajassem na campanha e iniciassem divulgações constantes em seus perfis nas redes sociais, canais e sites. Isso porque, durante o processo de escolha das cidades, a Unesco também leva em conta o compartilhamento de posts e o uso sem moderação das hashtags.

Entre as embaixadoras mais ativas, a jornalista Isabela Lapa, do site “Coisas de Mineiro”, chegou a enviar uma broa de fubá brulee a diversos outros colegas do segmento, a fim de incentivá-los à aderir à causa. André Barreto, do blog “Cozinhe Pra Ela” e a promoter Manu Diniz foram alguns dos convidados a divulgar a gastronomia de BH.

Isabela também gravou vídeos em restaurantes, como o Dona Lucinha e o Roça Grande. Posteriormente, ela postou o material em seu Instagram.

Leia também: Exposição de arte urbana colore o DiamondMall

O início oficial do processo da candidatura de Belo Horizonte aconteceu no dia 3 de abril, com a publicação do edital por parte da Unesco. Para se preparar, a capital concorreu com 23 cidades por uma das 15 vagas e foi contemplada com o quinto lugar geral no Brasil, sendo a considerada a melhor nota em relação ao segmento “Gastronomia”.





Fotos: Divulgação JC/Coisa de Mineiro/Rofrigo Clemente/PBH


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário