Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

BH entra para o ranking das cidades mais inteligentes do país

09 de setembro, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Reconhecimento. Até esta quinta feira, 10, acontece o evento nacional Connected Smart Cities e Mobility Digital Xperience 2020, mais importante iniciativa de cidades e mobilidade do Brasil. Durante a Cerimônia de Abertura do evento foi divulgado o resultado do Ranking Connected Smart Cities 202, tendo Belo Horizonte como parte do top 10.

Em função da pandemia da Covid-19, esse ano o formato acontecerá de maneira 100% virtual e por meio de plataforma dedicada. Logo no inicio da cerimonia, que contou com a participação de autoridades, representantes de empresas e especialistas nacionais e internacionais, foi apresentado o estudo elaborado pela Urban Systems, em parceria com a Necta, que mapeia todos os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes, com o objetivo de definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil.

Esta é a 6ª edição da pesquisa que colocou, na classificação Geral, Belo Horizonte na 10ª posição do Ranking Connected Smart Cities 2020. A primeira colocada no Ranking Geral foi São Paulo (SP); seguida por Florianópolis (SC); Curitiba (PR); e Campinas (SP). Na 5ª colocação está Vitória (ES); seguida por São Caetano do Sul (SP); Santos (SP); e Brasília (DF), em 9ª posição.

Além do décimo lugar como a cidade mais inteligente e conectada do Brasil, Belo Horizonte se destacou, ainda, com o 3º lugar em Saúde; 6º no Ranking Região Sudeste; 7º em Cidades com mais de 500 mil habitantes; e 8º lugar em Tecnologia e Inovação.

A partir da edição 2019, o Ranking incorporou conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 – Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo-se como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional. O estudo é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, mesmos eixos temáticos do evento nacional Connected Smart Cities.

Leia também: IFMG doará 14,5 mil litros de álcool a hospitais de BH

“Nesses seis anos de atuação, a Plataforma Connected Smart Cities vem desempenhando papel fundamental junto às empresas, entidades e governos na busca pela inovação, tendo como objetivo fundamental tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas, principalmente no atual momento de pandemia da Covid-19”, comenta a CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, Paula Faria.

BH em números

Com destaque em Saúde, Tecnologia e Empreendedorismo, Belo Horizonte atinge a 10ª posição do Ranking Connected Smart Cities.

A cidade registrou investimento per capita de R﹩ 1.314em saúde (no período anterior foi de R﹩ 1.174), cobertura de 80,8% da população pela equipe da saúde da família, conta com 433 médicos para cada 100 mil habitantes e taxa de 6 óbitos a cada mil nascido vivos.

Em tecnologia e empreendedorismo, destaca-se a existência de um parque tecnológico, 5 incubadoras de empresa, crescimento de 0,9% das empresas de tecnologia, 97 ligações à internet para cada 100 habitantes (eram 32 na pesquisa anterior), depósito de 88 patentes para cada cem mil habitantes no período (eram 13,6 no ano anterior), um percentual de 44,3% das conexões com velocidade superior a 34 mb e 5% dos empregos formais ocupados no setor de educação, pesquisa e desenvolvimento.

Serviço:
Connected Smart Mobility Digital Xperience
Data: até 10 de setembro de 2020
Local: 100% digital
Mais informações pelo site do evento
Inscrições pela internet
Organização: Necta e Urban Systems


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

3 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Marcelo 14 de setembro de 2020

    Um evento nacional com o título todo em língua estrangeira!!

  • Avatar
    Helder Lima Gante 10 de setembro de 2020

    Que piada! BH é uma cidade atrasada, sem oportunidades e empregos de bom nível. Quer crescer na carreira e profissão, fuja de BH.

  • Avatar
    Julio Cesar Amaro 9 de setembro de 2020

    Nasci aqui há 7 decadas e amo a minha cidade. Mas, Belo Horizonte tem se tornado uma cidade feia, sem condescendência alguma com a sua história. A Pampulha de Juscelino se transformou numa lagoa poluída, infestada de mosquitos, fedorenta. A Av. Amazonas, com suas belíssimas mansões, hoje está degradada, pichada, horrorosa. A Cidade Jardim é jardim apenas no nome. A praça da Estação se transformou num pátio cimentado. E tantas coisas mais… E, só para completar, nossos passeios são armadilhas para os pedestres, a pavimentação das ruas é uma tortura para os veículos, os meio-fios não tem altura definida, uns são muito altos e não dá para abrir a porta do carro, outros chegam a ser mais baixos que a rua, com enormes valetas. É uma pena. Mas, me conforta saber que posso estar errado, a cidade é inteligente e eu não sabia disso.

Avatar
Deixe um comentário