Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Belo Horizonte está preparada para mais um grande Carnaval

14 de fevereiro, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Folia. Com de 500 desfiles de blocos de rua, palcos oficiais, escolas de samba e blocos caricatos, capital tem hoje um dos melhores e mais seguros carnavais do País

Belo Horizonte já vive um dos maiores e mais bem planejados carnavais de sua história. Somente no fim de semana passado, cerca de 39 blocos de rua desfilaram contando com toda a infraestrutura oferecida pela Prefeitura de Belo Horizonte e pelos demais órgãos envolvidos que, somados, chegam a 40. Ou seja, estamos falando de segurança, mobilidade, limpeza, banheiros químicos, postos de saúde, entre outros serviços.

“O grande diferencial do Carnaval de Belo Horizonte está em seu planejamento robusto para atender as demandas da sociedade civil com as festividades nas ruas da cidade. É, sem sombra de dúvidas, um dos carnavais mais seguros do país. Tanto é que em seu primeiro fim de semana, com tanta programação de rua, nenhuma ocorrência séria foi registrada pelos profissionais de segurança. Estamos preparados e seguimos trabalhando de maneira integrada com os cerca de 40 órgãos envolvidos, com plantões no COP monitorando todos os eventos na capital mineira”, comenta Gilberto Castro, presidente da Belotur.

A programação de Blocos de Rua do Carnaval de Belo Horizonte 2020 já pode ser acessada na página do Carnaval, dentro do Portal Belo Horizonte (www.portalbelohorizonte.com.br/carnaval). As informações sobre os cortejos são atualizadas de hora em hora.

O Carnaval de Belo Horizonte 2020 é viabilizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, com patrocínio master da Skol Puro Malte e patrocínio do iFood e do iti, aplicativo de pagamentos digitais do Itaú Unibanco. A festa conta também com a parceria da BH Airport, Dimensão e Restaurante Maria das Tranças.

O valor é de R$ 6 milhões em verba direta, mais R$ 8,3 milhões em planilhas de estruturas e serviços, captado por meio de Edital de Patrocínio. Vale ressaltar que a contratação de músicos, subvenção de blocos e escolas de samba e toda a estrutura dos palcos espalhados pelas regionais da cidade durante o evento, assim como todo o orçamento da Belotur, é proveniente de investimento privado.

ABERTURA OFICIAL

O Kandandu, encontro de blocos afro de Belo Horizonte, marca a abertura do feriado de Carnaval na capital mineira comemorando os 20 anos do Bloco Oficina Tambolelê. O evento acontece na sexta-feira, dia 21, a partir de 18h, e no sábado, dia 22, a partir de 16h, na Praça da Estação.

Construído coletivamente pela sociedade civil, Associação dos Blocos Afro de Minas Gerais (Abafro) e Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, o Kandandu é um evento gratuito. A expressão, que na língua africana kimbundu significa “abraço”, também expressa a união de filosofias, ideais, conhecimentos e vivências por meio da ancestralidade africana.

Ao todo, 10 blocos da cultura afro da cidade, incluindo o homenageado, vão se apresentar, divididos entre os dois dias, na seguinte ordem: Bloco Oficina Tambolelê, Fala Tambor, Magia Negra, Angola Janga, Timbaleiros do Gueto, Kizomba, Afrodum, Afoxé Bandarerê, Samba da Meia-Noite e Swing Safado.

O evento, que acontece desde 2017, traz uma novidade em 2020. Todas as apresentações trarão no repertório alguma música do grupo Tambolelê, referência afro e do congado em Minas Gerais. Entre uma atração e outra, tocam os DJs Black Josie e Hudson, na sexta-feira e sábado, respectivamente.

PALCOS OFICIAIS

Neste ano a Prefeitura aposta ainda mais na descentralização do Carnaval, especialmente nos Palcos Oficiais. Artistas de abrangência local e regional, selecionados via edital, se apresentarão em oito palcos, que têm programações variadas durante o feriado momesco. As novidades são os palcos da Serra (Rua da Passagem, 154), Zilah Spósito (Rua Carnaúba, 286), Lagoinha (Rua Itapecerica, 911) e Praça do Confisco. Já os palcos nas regionais de Venda Nova e Barreiro ganham um dia a mais de programação.

Outro destaque é que todos os palcos terão espaços reservados para pessoas com baixa mobilidade. Além disso, as apresentações terão interpretação em libras.

BLOCOS CARICATOS E ESCOLAS DE SAMBA

Em 2020, a estrutura montada para os desfiles de Escolas de Samba e Blocos Caricatos será ampliada, para que as agremiações ganhem mais espaço para as preparações. Pela primeira vez a avenida terá espaço para recuo de bateria, além de mais camarotes. A entrada é gratuita.

O valor das subvenções para as Escolas de Samba que desfilarão no Carnaval 2020 teve 100% de aumento no comparativo a 2019. Cada grupo habilitado recebeu R$ 200 mil para desfilar na avenida. Os Blocos Caricatos receberam uma subvenção, para o Grupo A, que passou de R$ 45 mil, em 2019, para R$ 50 mil em 2020. O valor também aumentou para o Grupo B, de R$ 31 mil para R$ 35 mil.

Foto: Ricardo Laf


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Kris Hoevel 5 de junho de 2020

    I simply want to say I am very new to weblog and honestly savored you’re blog. Most likely I’m likely to bookmark your website . You amazingly come with very good articles. Kudos for sharing with us your blog.

    http://www.firsttimeiwhtsb.com

Avatar
Deixe um comentário