Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Artistas mineiros se inspiram na Islândia em projeto

02 de janeiro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

“Novas Distâncias: Reykjavík”. A paixão pelo mundo e musicalidade de Isabella Bretz se uniram à criatividade e talento de Rodrigo Lana, dando origem a um projeto incrível. Com capa de Jackson Abacatu, o EP “Novas Distâncias: Reykjavík” nasceu de uma visita à capital da Islândia, há seis meses.

Em maio de 2018, a cantora e o pianista apresentaram no país o “Canções Para Abreviar Distâncias: uma viagem pela língua portuguesa” para pessoas de diversas nacionalidades. O álbum conta com 8 poemas musicados por Isabella Bretz, cada um de um país diferente da lusofonia, sendo todos de escritores vivos.

Durante a apresentação promoveram um debate sobre o papel da língua na nossa identidade e na relação com o lugar e com o outro. “Conversamos sobre o ensino de suas respectivas línguas para as crianças, como elas reagem a elas e como cada língua desperta aspectos diferentes de nossa personalidade. Foi uma experiência incrível!” afirma Isabella.

Os poemas musicados “Na hora de pôr a mesa” (José Luís Peixoto), “O cercado” (Ana Paula Tavares) e “Transitório” (Conceição Lima) foram escolhidos por conterem fortes letras e encaixarem muito bem em piano e voz.

O destaque para Isabella Bretz fica na gravação na Islândia do poema “Transitório”, de Conceição Lima, de São Tomé e Príncipe. Ele foi escrito em sua juventude, no seu país, numa ilha no meio do Oceano Atlântico, localizado no continente africano. Foi musicado em Belo Horizonte, no Brasil.

Cantado quase no topo do nosso planeta, no país do verão sem noites e da aurora boreal. Quantos km essas palavras viajaram? Quantas culturas e histórias não cruzaram nesses caminhos? Não há fronteiras! Esta foi, portanto, a música escolhida para o clipe, que será lançado com o EP.

As belezas da Islândia, somadas a essa experiência dos artistas, fizeram com que o momento ganhasse essa importância e fosse, então, registrado de forma especial. Apesar de serem países tão diferentes, há muitas pontes que nos ligam diretamente, as distâncias entre nós podem e devem ser abreviadas.

Ouça uma das faixas:

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!