Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Além de Elton John e Queen, conheça 5 cinebiografias de estrelas nacionais

29 de maio, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Por: Jader Theóphilo
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Cinema. Amanhã, dia 30, estreia “Rocketman”, a cinebiografia de um dos maiores músicos de todos os tempos, Elton Hercules John. O pianista, cantor, compositor e produtor britânico teve parte de sua vida transformada em musical que promete emocionar à todos.

Além de Elton, ano passado, o mundo pode conferir um pouco sobre a história da banda Queen na produção “Bohemian Rhapsody”. O loga, inclusive, rendeu a estatueta do Oscar de melhor ator para Rami Malek.

Leia também: Crítica: Rocketman

Nesse contexto de ícones da música que ganham as telonas. Separei algumas produções sobre artistas brasileiros, que merecem ser vistas.

Elis

Lançado em novembro de 2016, o longa apresenta a história de Eliz Regina. A artista brasileira, considerada por muitos a melhor cantora do país, é vivida maravilhosamente bem pela atriz mineira Andreia Horta.

Dirigido por Hugo Prata, a película mostra ao público os pontos chaves da carreira de Elis, e a força da cantora que influenciou o cenário cultural brasileiro.

Além disso, é possível assistir aos desafios pessoais, conflitos e dramas da vida intensa da “pimentinha”. A transição da “Bossa Nova” para “MPB” e algumas questões artísticas durante a Ditadura Militar.

Assista ao trailer:

Cazuza

Sucesso de critica e bilheteria, “Cazuza- O tempo não para”, de 2004, conta com direção de Sandra Werneck e Walter Carvalho.

Juntos, os diretores conseguiram narrar uma história emocionante, de um dos principais cantores do rock nacional.

Daniel de Oliveira, ator que deu vida ao músico nas telonas, impressionou o público com uma atuação de tirar o folego.

Leia também: 5ª Edição da Virada Cultural acontece em julho

Inspirado no depoimento, intimista e corajoso, “Só as Mães São Felizes”, de Lucinha Araújo, mãe de Cazuza e interpretada por Marieta Severo, o filme apresenta quase 10 anos da vida do artista.

Marcado pelo inicio da carreira, em 1981, passando pela chegada aos holofote, os últimos anos de vida, momento marcado pela luta contra o HIV, até sua morte em 1990.

Assista ao trailer:

Tim Maia

A cinematografia, um pouco mais longa que as anteriores, levou ao fãs de Tim Maia um gostinho do que foi a vida do ídolo nacional.

A voz grave e jeito irreverente são características da estrela que impactou definitivamente a cultura brasileira, que nunca mais foi a mesma depois dele.

Leia também: Filarmônica de Minas une música, fauna e flora

Dirigido por Mauro Lima, os atores Babu Santana e Robson Nunes, que interpretam Tim quando adulto e jovem, respectivamente, ofereceram um “banho” de atuação.

O longa foi lançado em outubro de 2014 e resgata algumas histórias curiosas do cantor, como a passagem do artista pela Cultura Racional, grupo conhecido por divulgar as ideias escritas pelo carioca Manoel Jacintho Coelho no livro “Universo em Desencanto”.

Assista ao trailer:

Luiz Gonzaga

“Gonzaga: De Pai pra Filho”, é a narrativa que mostra a trajetória do Rei do Baião e a relação com seu filho, o musico Gonzaguinha.

Na trama, dirigida por Breno Silveira, de outubro de 2012, o público pode conferir a relação amorosa, cercada de medos, distancia e preconceitos vividas por esses dois homens. Gonzaga, do sertão nordestino e Gonzaguinha, carioca do Morro de São Carlos.

Para que a história pudesse ser representada os dois personagens contaram com três interpretes cada. Luiz Gonzaga ganhou vida pelas atuações de Adelio Lima, Chambinho do Acordeon e Land Vieira.

Já Gonzaguinha chegou aos olhos do público pelos atores Júlio Andrade, Giancarlo di Tomazzio e Alison Santos.

Assista ao trailer:

Renato Russo

Lançado em maio de 2013, a produção “Somos Tão Jovens”, dirigida por Antonio Carlos da Fontoura é a cinematografia de Renato Russo.

Leia também: Turnê “Amigos” estreia em Belo Horizonte

O filme mostra a história do músico a partir de sua chegada a Brasília, em 1973, época em que sofria com a epifisiólise, doença rara nos ossos.

Vivido por Thiago Mendonça, Renato começa a se envolver com a cena musical de Brasília, trilhando um caminho que desencadeou na Legião Urbana, uma das principais bandas de Rock no Brasil.

Assista ao trailer:

Fotos: Divulgação/ Paprica Fotografia

Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário