Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Você está pronto para a próxima década?

01 de dezembro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Coluna Tatiana Andrade. Confira as tendências para 2020 e prepare-se já

Que o mundo mudou a gente já sabe. Mas ele tem mudado com tanta velocidade e para direções tão diferentes que, constantemente, nos encontramos perdidos em meio a tantas coisas novas.

A chegada de 2020 inaugura uma nova década que traz tendências que vão muito além do universo da moda ou do consumo; mas que guiarão, principalmente, o comportamento das pessoas – que é o que verdadeiramente norteia as tendências de todos os mercados.

Será que você está pronto para a próxima década? Confira o que vem por aí em 2020 e se prepare já.

SAIBA MUDAR

Para começar, saiba lidar com as mudanças do mundo, e esteja sempre disposto a mudar junto. “Não se chega a novos resultados fazendo a mesma coisa.”

E as estratégias e resultados nunca se modificaram tão rápido. Então assuma riscos e tente fazer diferente. Se o time está ganhando, saiba que ele pode ganhar ainda mais. Então, faça mudanças, ainda que seja para perceber que não é o melhor caminho. O diferencial aqui é fazer análises rápidas e ir corrigindo as rotas ao longo do percurso.

APRENDA SOZINHO

Os termos “self learning”e “lifelong learning” estão mesmo em alta. E o que são? A capacidade de buscar novos conhecimentos em fontes quase sem limites que a internet nos proporcionou; e de não parar de buscar nunca.

Qualquer pessoa tem acesso a conteúdos diversos sobre absolutamente qualquer coisa e pode se tornar conhecedor de vários temas. Aproveite mais ferramentas como Youtube, TED Talks, Podcasts e entenda que não há idade nem limites para aprender coisas novas.

EXPERIÊNCIA DO OUTRO

Oriente-se para a experiência do outro. A empatia é a nossa capacidade de se colocar no lugar do outro, adotar sua perspectiva e compartilhar seus sentimentos. E isso tem tudo a ver com a experiência do outro.

Antes a gente só se preocupava com o resultado final e agora passamos a olhar para toda a jornada. E qual a jornada do seu parceiro, amigo ou cliente? Se coloque no lugar deles e se esforce para entender como deixa-lo ainda mais feliz e satisfeito.

INCENTIVE A INOVAÇÃO

Mais um termo que vem dos guias corporativos, o “thinking environment” é uma metodologia usada para criar ambientes propícios para a geração de novas ideias.

Ela toma como base o fato de que quanto maior a qualidade das conversas e das interações, melhores são os resultados de criações de novidades.

Por isso, converse mais e sempre. Incentive um ambiente participativo pois como diz Rony Meisler, CEO e fundador da Reserva, e uma das mentes mais inovadoras do Brasil: “De várias ideias ruins, surge uma ideia boa.” Então troque mais ideias, mesmo que a princípio pareçam bem ruins.

COLABORE MAIS

E por fim, use todas as tendências acima para criar um mundo e mercados mais colaborativos. Para mudar, peça opinião e colaborações de outro que já mudaram.  Aprenda e ensine como forma de colaborar com o desenvolvimento alheio. Crie experiências colaborativas e inove a partir da colaboração.

E seja bem-vindo, desde já, a 2020!


Sobre Tatiana Andrade:

Com mais de 10 anos de experiência no mercado de comunicação de moda, luxo e varejo; Tatiana Andrade é Designer de Moda, com especialização em Marketing de Moda pelo Fashion Institute of Technology de Nova York e pós graduada em Marketing pela ESPM de São Paulo. Iniciou sua carreira na Iorane em Belo Horizonte; e continuou em São Paulo, onde desenvolveu estratégias de comunicação para clientes como Versace, Roberto Cavalli, Lolitta, Schutz, dentre vários outros na Index Assessoria; foi Head de Marketing da Guess no Brasil e de volta à BH, inaugurou em 2019 a Brand Boutique, agência de Branding e Marketing para marcas de moda, design e lifestyle.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Cleber Alexandre 2 de dezembro de 2019

    Tatiana, realmente, as habilidades socioemocionais já são e serão ainda mais demandadas para os profissionais do futuro. Fico feliz que tenha mencionado o Thinking Environment, trabalhamos com isso desde 2014 aqui no Brasil e sempre nos emocionamos com as transformações que as pessoas conseguem fazer nas suas relações, depois de estudar o tema. Um abraço!

Avatar
Deixe um comentário