Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Estilo “básico” é predominante na escolha do vestuário da mulher brasileira

06 de dezembro, 2017

Uma pesquisa feita pela plataforma online MyPersonal Stylist identificou o estilo predominante das brasileiras na hora de se vestir. O site entrevistou 3.500 usuárias, das quais 25% dizem optar por um look natural/esportivo para sair de casa. Adeptas de roupas práticas, casuais, de modelagem básica, confortáveis e leves, elas disseram ainda preferir sapatos baixos e roupas soltas no corpo.
A pesquisa apontou, ainda, que 21% se consideram “refinadas”, usuárias de peças clássicas e com detalhes sofisticados e luxuosos. Os demais estilos, em ordem, apontados pelas entrevistadas são o romântico (16%), o tradicional (15%), o sexy (9%), o urbano (8%) e o criativo (3%).
Segundo a fundadora da startup, a personal stylist Juliana Brasil, o estilo básico foi eleito o preferido entre as brasileiras devido ao nosso clima tropical e à falta de conhecimento sobre seu próprio estilo. “No calor, queremos algo confortável e até os acessórios incomodam. Isso conta muito na hora de optar por um vestuário. Mas também existe uma queixa recorrente entre minhas clientes, comprovada pela pesquisa: 85% das usuárias disseram possuir dúvidas recorrentes relacionadas à sua imagem. Ou seja, muitas vezes, por insegurança, a mulher deixa de vestir algo que reflita sua personalidade”, conta.
Dentre os sete estilos universais, o refinado, segundo Juliana, mostra a preocupação das mulheres em serem elegantes e se adequarem ao ambiente profissional. 92% das entrevistadas responderam que trabalham fora de casa. “Se sentir bem, para as brasileiras, é muitas vezes, se sentir elegante.” Os estilos que menos pontuaram (criativo e dramático urbano) são os dois mais extravagantes. Juliana afirma que “As brasileiras têm receio em exprimir sua personalidade em suas roupas devido ao nosso tradicionalismo. As londrinas, por exemplo, são extremamente desapegadas de qualquer tipo de regra ou padrão. Cada mulher tenta expressar ao máximo suas crenças e valores através do seu estilo de vestir independente do look que está na moda”.
Apesar de serem consideradas mulheres sensuais pelo mundo todo, o estilo sensual ficou em quinto lugar. “Fazemos associação direta de sensualidade à vulgaridade, o que não é verdade. A vulgaridade está no excesso”, explica Juliana.
Ainda sobre a pesquisa, 60% das mulheres responderam não saber como combinar as peças entre si, 56% não sabem como usar a roupa para valorizar os pontos fortes do corpo ou não conhecem as cores que lhes caem bem. Quando possuem dúvidas relacionadas ao estilo, 68% buscam informações na internet e 75% estaria disposta a pagar por um serviço profissional de consultoria de imagem.

Foto: divulgação