Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Para pedalar com tranquilidade

17 de abril, 2020
Por: Jornal da Cidade BH
Texto: Gustavo Lovalho
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Pedalando. Mercado oferece diferentes tipos de seguro para bicicleta, que cobrem de assaltos até acidentes de percurso e incidentes com terceiros

 Apesar de ser muito comum fazer seguro para carros, muita gente que pedala frequentemente sequer sabe que existem seguros para bicicletas. No entanto, com a presença da bike cada vez mais forte, seja para lazer, transporte, cicloviagens ou competições, a opção de segurar o equipamento vem ganhando adeptos que querem garantir sua tranquilidade de pedalar de forma segura e livre – sem preocupações –, tanto em relação a roubos quanto para outros contratempos que possam ocorrer.

Existem diferentes tipos de seguro para bicicleta, que cobrem de assaltos até acidentes de percurso e incidentes envolvendo terceiros. Mas como saber qual seguro é o melhor para você e sua fiel companheira? Demos uma olhada no que existe disponível no Brasil e tiramos algumas dúvidas.

FUNCIONAMENTO

A primeira demanda é saber como funciona o seguro para bicicletas e para que serve. Segundo especialistas, um bom seguro de bicicleta cobre a própria bicicleta, o ciclista e terceiros. Ou seja, ele o protege em casos de tentativa de roubo, zela pela bicicleta, seja durante seu uso ou transporte, e auxilia em casos de danos a terceiros em acidentes.

Há também a opção de contratar coberturas que oferecem serviços de assistência ao ciclista, disponibilizando auxílio imediato quando algo não vai bem.

Outra dúvida é qual tipo de bicicleta pode ser segurada. A resposta é para todo tipo de bicicleta, desde bicicletas de estrada de alto padrão até mountain bikes e bicicletas híbridas.

Leia também: S2 bicycle industries

Na maioria das seguradoras, a bike deve ter um valor mínimo para poder entrar na cobertura. Também existe um limite de idade para que ela se encaixe em uma apólice – estes critérios variam de acordo com a empresa.

Importante: ter a nota fiscal da bicicleta – mesmo que ela não seja pedida no momento da contratação, costuma ser solicitada em caso de sinistro. Algumas seguradoras também têm opções para bikes usadas. Neste caso, ela passa por uma avaliação mais criteriosa, para definir seu valor com mais precisão.

As apólices de seguro de bike costumam ser personalizadas, levando em conta o tipo de bicicleta, o uso que é feito dela, o perfil do ciclista e até o local onde ela será usada. Os valores do seguro, como a mensalidade, o prêmio e a carência também variam por estes fatores.

E mais: o que está coberto pelo seguro de bicicleta? Cada apólice de seguro é diferente e oferece uma cobertura específica. Existem no mercado desde coberturas que protegem o ciclista contra quedas e tentativas de roubos, até coberturas mais amplas.

Elas garantem indenizações e reparos em casos de acidentes, danos causados por incêndio, danos ou extravio causados durante o transporte da bike em viagens e até seguro contra terceiros no caso de acidentes envolvendo outras pessoas.

Existem diversas opções de seguro disponíveis no mercado, mas é possível optar por coberturas que sejam adequadas às suas necessidades e garantam sua paz de espírito tanto na cidade quanto na terra, em rolês off road. Inclusive, existem seguradoras que cobrem o transporte e o uso da bike em viagens interestaduais e até internacionais.

Outras informações sobre seguro de bike: (31) 3290-0102 e 99993-1818


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Alexandre 22 de abril de 2020

    Seguro de bike é uma ótima pedida. Fiz o meu na Luna e não me arrependo

Avatar
Deixe um comentário