Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Low Rider é uma típica praiana

25 de outubro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Linha 2020. Com visual baseado nas motos dos anos 1980, nova Harley-Davidson propõe bastante desempenho

Com traços de estilo inspirados em cenários praianos da Califórnia da década de 1980, a nova Harley-Davidson Low Rider é uma das novidades da linha 2020 para o mercado brasileiro. A moto, que faz parte da família Softail, tem como destaque o desempenho.

A Low Rider tem preço sugerido a partir de R$ 73.600,00 e vem como guidão fat bar elevado, com uma polegada de diâmetro e suportes retos com 11 cm de altura. “O visual é realmente baseado no legado dos modelos Low Rider da década de 1980, que têm uma legião de seguidores fiéis que se espalhou pelo mundo a partir de suas origens no sul da Califórnia, e no recente modelo Low Rider S baseado na Dyna”, explica o vice-presidente de estilo e design da empresa, Brad Richards

Os controles manuais elevados são um elemento crucial da customização de influência praiana. Há na moto uma minicarenagem que emoldura o farol dianteiro e o protege do vento. O assento individual alto e recuado foi projetado para manter o motociclista bem acomodado.

Leia também: Legados do capitão Senra

Os acabamentos brilhantes foram substituídos por opções em preto. O motor, a tampa da transmissão primária e o console do tanque vêm com acabamento em Wrinkle Black; as tampas da inspeção da embreagem, da admissão e do balancim inferior são em Gloss Black.

Já os silenciadores e protetores de escapamento vêm em Jet Black. Os garfos, as mesas da suspensão, o guidão e seu suporte, além dos suportes do para-lama traseiro, são em Matte Black. E a lâmpada traseira de LED tem lente fumê.

O tanque de combustível Softail de 19 litros apresenta um grafismo icônico da Harley-Davidson. As rodas de alumínio fundido (a dianteira com 19 polegadas e a traseira com 16 polegadas de diâmetro) possuem acabamento em Matte Dark Bronze. São duas opções de cores sólidas disponíveis: Vivid Black e Barracuda Silver.

O quadro é o alicerce do desempenho, explica a Harley. O design foi otimizado para reduzir o peso sem sacrificar a rigidez e, ao mesmo tempo, manter o visual clássico.

O motor Milwaukee-Eight V-Twin 114 foi montado diretamente no quadro, e o amortecedor único é pressurizado e com ajuste de pré-carga e um ângulo aperfeiçoado entre o quadro e o braço da suspensão traseira.

Leia também:Rotas românticas para motociclistas

O propulsor de 1.868 cc de cilindrada gera 16,4 kgfm de torque a 3.000 rpm. A Harley-Davidson não divulgou a potência.

Um sistema de contra balanceadores interno reduz a vibração do motor. Já os cabeçotes do cilindro com quatro válvulas que se traduz em alta vazão e as velas de ignição duplas extraem o máximo desempenho possível de cada gota de combustível.

O ajuste de pré-carga hidráulico sob o assento permite que o motociclista mantenha o desempenho ideal da suspensão para as condições predominantes de carga e estrada. Um garfo invertido de 43 mm dá mais rigidez à dianteira para uma melhor resposta ao manuseio da direção.





FOTOS DIVULGAÇÃO JC/HARLEY-DAVIDSON

Low Rider é uma típica praiana
5 (100%) 1 voto[s]


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!