Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Enduro da independência tem vitória mineira em algumas categorias

12 de setembro, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Competição. Edição número 38 da principal prova off-road do Brasil perde um pouco da graça, pois população das cidades não pode recepcionar pilotos, por causa da pandemia

O Enduro da Independência deste ano foi diferente, como tudo o que ocorre neste mundo dominado pelo novo coronavírus. Acostumada a levar multidões de pessoas por onde passa, desta vez a principal prova off-road do País reuniu apenas os pilotos e organizadores de 4 a 7 de setembro, data tradicional, que em 2020 largou em Socorro (SP) e chegou em Caxambu, no Sul de Minas.

Foi a 38ª edição do Enduro da Inpendência, que ainda passou por Itajubá, também em Minas, no meio do caminho e totalizou 635 quilômetros de trilhas desafiadoras. A competição é de regularidade, portanto, vence quem atingir as metas diárias estabelecidas pela organização – nem mais, nem menos.

Com a motocicleta CRF 250F, o mineiro Dário Júlio conquistou o sétimo título do Enduro da Independência ao finalizar em primeiro a prova na classe Brasil, exclusiva para modelos de fabricação nacional.

“Foi uma edição bastante disputada e estou feliz por mais esse resultado. São mais de 20 anos de participação na competição e celebrar a marca como heptacampeão é muito especial”, conta o mineiro, vencedor das categorias Brasil (2020 e 2018), Over 40 (2017) e Master (2010, 2009, 2008 e 2007).

A tricampeã da categoria Feminina (2020, 2019 e 2018), Bárbara Neves, embaixadora pelo segundo ano consecutivo do Enduro da Independência, aproveitou o momento para ressaltar a experiência do off-road.

“É sempre uma grande oportunidade participar dessa prova, que é um evento muito especial na minha vida e carreira. Espero que cada vez mais trilheiros possam se aventurar pela competição, principalmente, mais mulheres”, declara a goiana de 20 anos que também acelerou a CRF 250F.

Na categoria Elite, Tunico Maciel finalizou o Enduro da Independência 2020 na segunda colocação. O título ficou com Emerson Loth.

“Consegui andar bem, venci a etapa, mas não foi suficiente para tirar a diferença de pontos. O dia foi bastante positivo e com mais trilhas. Sei que sou competitivo na modalidade e estou feliz por mais uma participação nesse tradicional evento e confiante para os próximos desafios”, evidenciou o piloto de Lavras (MG), atual campeão brasileiro de Rally Cross Country e bi do Sertões entre as motos, que utilizou a CRF 250RX.

RESULTADO

Categoria Elite

1º – #6 – Emerson Loth “Bombadinho” – 181 pontos

2º – #11 – Tunico Maciel –- 171 – Honda CRF 250RX

3º – #7 – Guilherme Trancoso Carvalho – 150

Categoria Brasil

1º – #35 – Dário Júlio – 191 pontos – Honda CRF 250F

2º – #34 – Felipe Arantes – 185

3º – #33 – Alan Muniz – 140

Categoria Feminina

1º – #173 – Bárbara Neves – 200 pontos – Honda CRF 250F





FOTOS / Janjão Santiago / Mundo Press

 


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário