Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Boas práticas: seja um bom ciclista

14 de maio, 2020
Por: Jornal da Cidade BH
Texto: Gustavo Lovalho
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Pedalando. Comportamentos e atitudes que fazem você ser mais consciente na cidade, na estrada ou na trilha

Em todas as instâncias de nossa vida, existem comportamentos positivos e negativos, e no ciclismo não poderia ser diferente. Por isso, seguem abaixo algumas orientações para que, a cada dia que passa, todos os mundos da bicicleta tornem-se ainda melhores.  As boas práticas são válidas para todas as modalidades do ciclismo

Seja Educado: seja na bike ou fora dela, na cidade, na trilha ou na estrada, a educação é o primeiro passo para um convívio tranquilo entre as pessoas.

Respeite as regras: ruas, parques, cidades e até as trilhas tem regras, algumas escritas, outras não. É importante conhecê-las e respeitá-las.

Não jogue lixo: não se joga lixo no chão, nem na trilha e nem mesmo em acostamento de rodovia. Seja parte da solução, não do problema.

Ofereça ajuda: ao ver um ciclista com problemas mecânicos, sempre ofereça ajuda. Um ciclista de verdade não deixa o outro na mão.

URBANO 

No trânsito urbano, há práticas específicas que merecem atenção e respeito.

Respeite a mão: o ciclista não deve trafegar na contramão. Além de ser contra o código nacional de trânsito, a atitude aumenta o risco e a gravidade dos acidentes.

Não pedale na calçada: a calçada é exclusiva do pedestre, e ele sempre tem a preferência. Se for andar na calçada, empurre a bicicleta. O mesmo vale para a faixa de pedestres.

Parque não é pista de corrida: não ande rápido de bicicleta em parques ou praças. Elas não foram feitas para isso e você pode causar um acidente com quem está caminhando.

Ciclovias e ciclofaixas também não:  normalmente, a velocidade máxima na ciclovia é de 20km/h. Elas são indicadas para o transporte, não para o esporte. Portanto, seja consciente.

Sinalize suas intenções: use as mãos para sinalizar mudanças de direção ou que vai entrar em uma garagem, assim como você faria com a seta de um carro.

Ocupe seu espaço, mas considere as outras pessoas: muitas vezes, em uma rua apertada, não é seguro deixar um veículo ultrapassar você. Por isso, antes de mover-se para o centro da faixa, sinalize com as mãos e, se possível, aumente a velocidade até que exista um espaço seguro para ultrapassagem.

MOUNTAIN BIKE

Para o biker que prefere o fora de estrada também existem normas e sugestões específicas.

Evite andar na lama: sim, andar na lama pode ser muito divertido. Mas, além de aumentar o desgaste na bike e causar problemas na transmissão e nos freios, essa prática aumenta o processo erosão nas trilhas, abrindo valas e danificando as mesmas.

Cuidado com a “mão” da trilha: muitas trilhas tem um sentido preferencial de circulação. Cuidado para não criar uma situação de risco para você e para outras pessoas, subindo uma trilha em que o sentido normal é descendo.

Estrada de terra também é via: no estradão, lembre-se que você está em uma via de trânsito normal, utilizada por muitas outras pessoas e veículos. Seja prudente para evitar acidentes ou situações chatas com os outros usuários.

Cumprimente as pessoas: ao encontrar moradores locais na trilha, não custa nada reduzir a velocidade e dar um bom dia. Estes gestos fazem que o ciclista seja bem visto pela comunidade local.

Não passe rápido ao lado de cavalos: cavalos assustam-se facilmente, e isso pode derrubar quem está em cima do animal. Por isso, ao ver alguém a cavalo, reduza a velocidade e passe com a maior distância possível.

Cuidado com gado bovino: muitas vezes, seu pedal pode cruzar fazendas e pastos. Lembre-se de sempre fechar as porteiras corretamente, para evitar que os animais escapem. Não faça movimentos bruscos ou muito barulho, já que isso pode assustar os animais, causando riscos à integridade do ciclista, do animal e da própria estrutura da fazenda.

Não bloqueie a trilha: se perder o equilíbrio em uma subida técnica, abra espaço rapidamente para que os outros ciclistas que vem logo atrás de você consigam subir. Nas descidas, sempre que possível, dê passagem para quem vem mais rápido.

Cuidado com o mata-burro: jamais tente atravessar um mata-burro de trilhos perpendiculares ao sentido de circulação. Isso pode causar graves acidentes.

Respeite o meio ambiente: se você for ajudar a construir uma trilha, jamais derrube árvores ou cause outros danos na vegetação local. Procure preservar as áreas de nascentes e cursos d’água, bem como a fauna local. Entenda que você faz parte do meio-ambiente e procure interagir com o mesmo.

NA ESTRADA

Fique atento, na estrada sua segurança e a dos outros ciclistas do seu grupo dependem disso.

Reveze a frente do pelotão: puxar o pelotão permite que, quem vá atrás, descanse um pouco no vácuo. Por isso, cada um deve fazer sua parte revezando na frente do pelotão. Ficar andando só no vácuo não é bem visto por seus companheiros de pedal.

Não mude o ritmo do grupo: a não ser que seja uma corrida, ir para a frente do pelotão e atacar não é algo respeitoso com seus companheiros de pedal.

Cuidado para comer, beber e assoar o nariz: para alimentar-se ou assoar o nariz, é necessário mover-se para a parte de trás do pelotão. Assim, você evita acidentes ou atrapalhar os outros.

Mantenha sua linha e seja previsível: não mude bruscamente de direção e, se precisar desviar de obstáculos, sinalize. Antecipe as frenagens dentro do grupo. Reduções bruscas de velocidade podem causar engavetamentos.

Sinalize obstáculos: aponte com a mão, com antecedência, qualquer objeto ou defeito na pista que possa causar acidentes.

Nunca ultrapasse pela direita: se for sair da traseira para a dianteira do pelotão, recomenda-se fazer isso pela esquerda do grupo.

Cuidado ao ficar em pé: ao ficar em pé para pedalar, cuidado para não jogar a bike para trás, já que isso pode causar um acidente com quem está atrás de você.

Não use aerobar no pelotão: também conhecido como clipe de guidão, este acessório dificulta o controle da bike e não deve ser usado em treinos grupos.

Vamos girar!

Mais informações, acesse o site: www.comoiniciarnopedal.com.br


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!