Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

As motos que mudaram uma marca

27 de junho, 2020
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

HARLEY-DAVIDSON. Cinco modelos entraram para a história devido às características inovadoras para suas respectivas épocas

Em 117 anos de história, a Harley-Davidson produziu diversos modelos. Todos vão carregar consigo o estigma de uma das marcas mais icônicas do mundo. A novíssima LifeWire, por exemplo, entrará para os livros, com certeza, porque é a primeira elétrica da marca.

Mas há outras, pelo menos cinco, selecionadas pela própria empresa que merecem estar na lista dos lançamentos mais significativos e que mudaram a história da marca.

Uma delas é a 1909 Model 5-D. Embora tenha tido apenas 27 unidades fabricadas, foi a primeira motocicleta equipada com o motor V-Twin anunciada pela H-D e de ter estabelecido o quase sagrado formato de 45 graus do motor V-Twin refrigerado a ar. Uma motocicleta lendária.

A 1936 EL, por sua vez, ofereceu o estilo e o desempenho de uma supermotocicleta quando estreou no mercado durante o auge da Grande Depressão. A lendária Knucklehead direcionou os cabeçotes de cilindro com válvulas suspensas para a produção em massa, estabelecendo um padrão para o desempenho do V-Twin, que é mantido até hoje no motor Milwaukee-Eight. O design atemporal dos modelos EL, com seu tanque e para-lamas, comandos, acabamentos e grafismos, ainda parecem atuais no século 21.

Outra máquina importante é a 1977 Low Rider. A motocicleta Super Glide de 1971 foi o primeiro modelo de fábrica a combinar o chassi do Big Twin com a estreita extremidade frontal da Sportster, que criou o clássico perfil de uma cruiser customizada. Alguns anos depois, esses elementos se revelaram com toda a clareza no formato perfeito da Low Rider, uma motocicleta despojada a ponto de só conservar seus elementos mais essenciais.

Apesar de ter sua relevância frequentemente minimizada, a Tour Glide FLT 1980 introduziu diversos recursos tecnológicos importantes que continuam sendo padrão nos modelos Touring até hoje, incluindo a primeira carenagem da Harley-Davidson montada no quadro.

Além disso, o motor e a transmissão aparafusados juntos em uma única unidade e suportes de motor com isolamento de borracha reduzem as fortes vibrações sentidas pelo motociclista e pelo passageiro. Seu estilo era ousado para a época, mas a carenagem nariz de tubarão se tornou tão reconhecível nas estradas quanto a icônica carenagem batwing.

Por fim, eis a 1984 Softail. Nenhum modelo incorpora melhor a famosa frase de Willie G. Davidson: “a forma segue a função, mas ambas se reportam à emoção”. O chassi da Softail, com a silhueta limpa de uma clássica estrutura de traseira rígida incorpora uma suspensão altamente competente mantida fora do alcance da visão. A Softail 1984 original lançou uma plataforma bem-sucedida e ajudou a introduzir o motor Evolution, que leva o crédito de ter salvo a empresa durante um de seus momentos de maior dificuldade.





FOTOS / Divulgação JC / H-D

 


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário