Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Transição capilar e #UmAnoSemQuímica

13 de julho, 2017
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Descabelando. Cuidados com o couro cabeludo recuperam as madeixas e estimulam o crescimento

Olá! Como você já sabe, me chamo Renata Fraga, sou terapeuta capilar e venho compartilhando por aqui dicas a respeito da saúde e beleza dos seus cabelos. Hoje vou contar um pouquinho a respeito do projeto #UmAnoSemQuímica, maior desafio da minha carreira, falando também sobre um tema que anda em alta nas cabecinhas por aí, a transição capilar.
Algumas pessoas já sabem, mas em agosto do ano passado radicalizei: raspei meus próprios cabelos para marcar o início de uma campanha de conscientização sobre a importância dos cuidados com a cabeleira, dando início à maratona de 365 dias livres de intervenções químicas, a #UmAnoSemQuímica. Claro, além de ficar longe de tudo o que acredito ser nocivo à saúde dos cabelos, aproveitei pra comprovar assim a eficácia do método criado por mim para cuidar do couro cabeludo e estimular o crescimento das madeixas. Bingo, tiro certeiro…
Ao raspar meu cabelo e ficar um ano sem contato com qualquer tipo de  processo químico (leia-se tintura, processos de relaxamento e toda e qualquer intervenção deste tipo), aplicando estritamente o tratamento desenvolvido no Renata Fraga Hair Spa, busquei mostrar a evolução das minhas madeixas, o quanto elas cresceram neste intervalo de tempo e, claro, aprofundei nos estudos a respeito dos cuidados com o bulbo capilar, o foco da terapia praticada em meu espaço.
Nos três primeiros meses – tempo em que os tratamentos de recuperação capilar duram no spa -, eu dividi os cuidados. Em metade da cabeça apliquei as técnicas criadas e desenvolvidas por mim, enquanto a outra parte cresceu sem qualquer intervenção ou estímulo. Quem me acompanhou, viu: foi evidente o desenvolvimento do lado em que apliquei a terapia capilar; compartilhei cada etapa numa espécie de diário em minhas redes sociais e através do meu canal no Youtube. Todo o sufoco do cabelo cacheado curtinho crescendo sem parar, o desafio de “domar” as madeixas sem química, os temidos – por muitas, não por mim! – fios brancos insistindo em aparecer…
A verdade é que o desafio, além de profissional, foi pessoal; nestes 11 meses pude mergulhar no meu próprio negócio, respondendo através da minha cabeleira as perguntas que me fazem diariamente. Hoje posso garantir: deveria ter começado antes! Ver meus cachinhos crescerem soltos, lindos e saudáveis não tem preço. A verdade é que ouço esta frase de todas as mulheres que optam por deixarem de lado a química e mergulham na transição capilar, “deveria ter começado antes”.
Pra quem não sabe – coisa que acho difícil porque, se tem um tema em alta quando o assunto são os cabelos, é a terapia capilar –, este é o nome do processo em que as pessoas deixam seus cabelos crescerem naturalmente sem tratamentos de alisamento, relaxamento ou intervenções que mudem a aparência e textura dos fios em sua raiz e comprimento. Muitas mulheres optam por cortar os fios bem curtinhos, assim como fiz, outras por trançá-los até que atinjam a textura idealizada (normalmente, quando crescem o suficiente de modo que os alisamentos que foram feitos antes já não mais apareçam e os cabelos podem ser usados de modo natural).
Independente do meio, a intenção da transição capilar é permitir que os fios apareçam exatamente como são; ondulados, anelados, cacheados, crespos, crespíssimos! A lógica do processo é se aceitar exatamente como é e curtir seu cabelo no volume que ele tiver, até porque o que mais tem hoje são creminhos milagrosos, tratamentos sem química que condicionam, hidratam e valorizam as curvas da cabeleira, né? A ideia é se permitir e descobrir que é muito mais divertido ser do jeitinho que se é.
Mas não pensem que as alisadas não têm seu valor! A lição que fica de tudo isso é pra você ser exatamente o que quiser, lembrando que há vida em seus cabelos e é indispensável que eles sejam cuidados com todo carinho do mundo.
Dia 22 de agosto chega ao fim a minha maratona #UmAnoSemQuímica e mal posso esperar. Frio na barriga, cachinhos soltos na cabeça e ideias a mil! Não sei como será daqui pra frente, a única certeza que tenho é que a terapia capilar não pode parar; que, como sempre falo, é preciso adubar, afofar e regar o couro cabeludo exatamente como se faz com uma planta para que ela permaneça forte e bela. E desse jeito seguimos daqui no Renata Fraga Hair Spa.
Se você quiser saber um pouco mais a respeito, não deixe de me acompanhar nas redes sociais. Se desejar embarcar nessa comigo, saiba que nunca é tarde e que todo perrengue vale a pena! E, lembre-se: para ter cabelo saudável, couro cabeludo saudável, gente! Beijos e até a próxima!

Foto: Juliana Foini

Avalie este conteúdo


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!