Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Sexo bom para os dois

12 de abril, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Texto: Cristina Santos | Foto: Jo Moreira
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Vida a dois. Para ter uma vida sexual ativa e prazerosa, é preciso que o casal valorize a relação, privilegiando os momentos para estarem juntos de forma tranquila

Eu ouvi, certa vez, uma declaração de uma mulher casada há 40 anos: “desde quando nos casamos, durante nosso primeiro ano, chegávamos em casa e não éramos interrompidos nem pelo telefone”. Ela disse não acreditar que eles tenham mais habilidades que outros casais – eles simplesmente abriram espaço para o casal, priorizaram o relacionamento e a intimidade.

Para se ter uma vida sexual ativa e prazerosa, é preciso que o casal valorize a relação, privilegiando os momentos para estarem juntos de forma tranquila, para se observarem, um diante do outro, como: tempo para conversar, comerem juntos, tomarem um café, assistir TV, irem ao cinema, teatro, cozinhar juntos, fazer um passeio, ler lado a lado, rir juntos, viajar, olharem-se sem crítica, julgamentos ou cobranças, compartilhar ideias e experiências, admirarem-se sem poupar elogios!

Outra maneira é ter momentos para saírem juntos e sozinhos, para namorar e conversar. Lembre-se de quando vocês namoravam antes de casar: é a mesma coisa. Preparem-se! Arrumem-se para esses encontros! Façam algo interessante ou engraçado. O objetivo é não falar da parte estressante quando estiverem namorando, pois esse tipo de conversa não é para os apaixonados, não faz ninguém entrar no “clima”. E mais uma vez se olhem, se observem…

Sabemos que a atividade sexual faz uma grande diferença na vida íntima de duas pessoas. Mas, na relação amorosa, é a conexão emocional que nos leva a querer ter e dar prazer, seduzir ou ficar sedutor.

Trazer um clima de sensualidade para o dia a dia do relacionamento, aventurar-se em áreas que seriam deixadas de lado, aumenta o desejo e o prazer em fazer sexo. Mas isso só é possível se a relação amorosa estiver em harmonia, caso contrário, o casal se percebe com uma lacuna na satisfação sexual, mesmo que sejam “bons no sexo”.

Muitas mulheres tomam quase como insulto o fato do marido se aproximar, de maneira insinuante, demonstrando desejo em fazer sexo. Não é bom se sentir atraente e desejada por quem a gente ama? Não se cuidam para se sentirem bem e serem elogiadas pelo parceiro?

Esse desejo e essa intimidade são a maneira do masculino expressar mais amor, atração e carinho por você, e isso não deve ser banalizado, nem menosprezado.

Evidentemente, há uma diferença entre os gêneros na forma como a sexualidade funciona. O homem pode ser facilmente estimulado sexualmente por simples sinais visuais ou pensamentos, mesmo sem nenhuma conexão emocional.
A mulher pode ser tocada fisicamente e, ainda assim, permanecer indiferente, caso ela sinta falta de envolvimento emocional e sedução.

Muitas vezes, como há uma necessidade física maior para o homem, o sexo gira mais em torno da penetração do que para a mulher. As mulheres falam que esperam mais abraços, sussurros, toques do que seus homens fazem… Porém, frequentemente, as mulheres permitem que seus companheiros tomem a liderança na hora do sexo e ficam insatisfeitas. Eles podem não saber como lhes dar prazer. Esse jeito masculino, parecendo excessivamente confiante, como se conhecesse os segredos do corpo feminino, ou por terem tido um grande número de parceiras, não faz dele um “expert”!

Esse homem pode estar há muito tempo agindo na cama de uma maneira que ele pode supor que está sendo o máximo, e pode justamente ser o contrário: está deixando a desejar.

Portanto, você pode mudar isso. Ao invés de queixas, “pegue o controle”, vá fazendo com delicadeza e o ajude a lhe agradar. Mostre para ele como você gosta e sente prazer: ele ficará realmente excitado e motivado. Você pode criar um sexo que seja bom para os dois, mas precisará de empenho e interesse de sua parte, lembrando que é você que vai mostrando e sinalizando a direção do seu prazer. Relaxe e desfrute desses momentos!

Seu prazer durante a relação é crucial para fazer mais sexo com seu companheiro. Vá insinuando e falando para ele sobre isso, lembrando que a anatomia e o desejo do homem e da mulher são diferentes, e os dois têm muito a descobrir juntos! Para começar… Descobrindo as vantagens dessa diferença, acerte o passo e perceba como essa dança pode ser maravilhosa!

Avalie este conteúdo

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!