Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Os cuidados com o chá

14 de junho, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Por: Junia Bethonico
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Saúde. Bebida feita a partir de ervas traz grandes benefícios, mas precisa ser consumida com orientação

O chá é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Toda folha, flor, fruto, casca ou até raiz que não seja tóxica pode ser ingrediente para um bom chá.

Na verdade, a expressão “chá” só é utilizada para o chá verde, derivado da planta camellia sinensis. A forma correta para tratar dessa bebida é chama-la de infusão, se ela for feita usando folhas. Se for de raiz ou casca, chama-se decocção.

Leia também:  7 dicas para emagrecer com saúde e manter os resultados

Geralmente, utilizamos o chá em saquinhos, que tem menores quantidades do ativo das plantas. As propriedades de cada uma delas são estudadas na fitoterapia, ciência que utiliza as plantas para o tratamento de doenças. No ano passado, fiz uma pós-graduação nessa área e os chás são uma das formas que temos de usar os fitoterápicos.

Para essas bebidas, devemos utilizar, preferencialmente, a erva in natura ou seca. Para evitar o gosto amargo que a maioria dos chás tem, a dica é colocar um pedacinho de anis estrelado, um pau de canela ou mesmo uma folhinha de stévia – uma planta que adoça.

Mas é importante lembrar que cada erva tem uma indicação, inclusive quanto ao horário em que será ingerida na forma de chá. Para dar disposição de manhã, por exemplo, podemos usar o alecrim, que é o chá da alegria; o ginseng, que é uma raiz; o chá verde, da cammelia sinensis; ou o chá preto.

Leia também: Anticoncepcionais trazem outros benefícios além de contracepção

Já no meio da tarde ou início da noite, é legal usar as bebidas que ajudam a diminuir a ansiedade, a insônia e o estresse, como a camomila, o maracujá (passiflora), a melissa, a valeriana, o mulungu, a erva doce e a erva cidreira.

A erva doce, aliás, é muito utilizada para o bom funcionamento do intestino. Já a espinheira santa é excelente para a digestão, sendo ideal para dar aquela esquentadinha depois do almoço.

Para diminuir os gases, o inchaço na barriga e melhorar a flora intestinal, o chá de alcaçuz é uma boa pedida. No mercado, ele é encontrado como raiz de licorice.

Porém, vale lembrar: cuidado com as modinhas. Apesar de serem feitos com elementos naturais, os chás ainda oferecem alguns riscos. O chá de hibisco, por exemplo, está muito em alta, mas precisa ser consumido com moderação, especialmente por mulheres. Isso porque, apesar de seus benefícios, ele pode até ser abortivo.

Foto: Arquivo pessoal
Os cuidados com o chá
5 (100%) 1 voto[s]


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Senha o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!