Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Estratégia cetogênica

16 de setembro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Coluna. Dieta é definida por baixa concentração de carboidratos, baixo consumo de proteína e elevado consumo de gorduras

Meus queridos leitores do JORNAL DA CIDADE, tudo bem?

Quero compartilhar com vocês a experiência que estou tendo em vivenciar a minha estratégia cetogênica. Ha 15 dias em cetose, tive um excelente resultado de emagrecimento e meu corpo está funcionando maravilhosamente bem.

A dieta cetogênica é definida por uma baixa concentração de carboidratos (menos de 50 g por dia), baixo consumo de proteína e elevado consumo de gorduras. Esse tipo de alimentação esgota as reservas de glicose corporal, então, nosso corpo passa a converter os ácidos graxos em cetonas ou corpos cetônicos.

Existem três diferentes tipos de corpos cetônicos, sendo eles: 1- acetona; 2- acetoacetato; 3- beta hidróxido butirato – que é o principal corpo cetônico que circula no nosso sangue e fornece energia e benefícios ao cérebro. Assim, nosso corpo passa a “queimar gordura“ através da própria gordura.

Leia também: Os perigos das dietas da moda

Confira um exemplo de cardápio da dieta cetogênica:

  • Ao acordar, tomar um shot com água, 5 gotas de própolis ,1 colher de chá de cúrcuma e uma pitadinha de pimenta.
  • Café da manhã: 1 Bullet Coffe + 1 ovo com vegetais (espinafre ou rúcula ou alho-poróou taioba), feito no azeite ou na manteiga Ghee + 1/2 xicara de frutas vermelhas (morango, mirtilo, amoras).
  • Meio da manhã: 150 ml de leite vegetal batido com 1 colher de sobremesa de pasta de amêndoas ou amendoim (eat clean).
  • Almoço (13:30): 1 prato de salada / legumes variados de cima da terra + 1/4 de abacate ou 1/2 avocado ou 2 colheres de sopa de óleo de abacate + 90 gramas de salmão, bacalhau ou frango orgânico ou cupim.
  • Lanche da tarde: 200mL de iogurte de Kefir (Mr.Kefir) + 1 xícara de frutas vermelhas + 1 colher de sopa de castanhas laminadas (caju, amêndoas, avelãs) + xilitol ou 60 gramas de chocolate (70% de cacau) + 1 copo de kombucha
  • Jantar: 1 prato de salada / legumes variados + 1/4 de abacate + 30 gramas de queijo feta ou meia cura + 90 gramas de salmão, bacalhau ou frango orgânico.
  • Antes de dormir: 1 xícara de chá de mulungu + 1 colher de sopa de sementes salteadas (girassol / gergelim / abóbora).

Importantíssimo informá-los que para fazer esta dieta é imprescindível o acompanhamento de um nutricionista, pois ela pode afetar nosso organismo negativamente com sintomas como náuseas, vômitos, letargia e redução de energia. Também pode causar desconforto gástrico e intestinal.

Como sempre oriento: não existe a dieta ideal, existem estratégias que devemos usar por períodos determinados pelo seu/ sua nutricionista! Agora, vou partir para a minha estratégia favorita – a Plant Based.

Vamos que vamos, na saúde com prazer!

Júnia Bethônico é nutricionista e consultora empresarial.

Avalie este conteúdo


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Senha o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!