Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Congelamento de gorduras é alternativa à lipoaspiração

18 de maio, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Fotos: Renata Melo/Divulgação Lenz Clínica
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Tecnologia. Tratamento não-invasivo é queridinho do momento e garante efeito similar ao da cirurgia

A tecnologia não para de surpreender quando o assunto são as terapias e tratamentos estéticos. Buscando cada vez mais fugir de métodos invasivos, mulheres e homens têm buscado recursos que complementam uma alimentação balanceada, a prática de atividade física regular e, de bônus, ainda garantem o “efeito lipo”.

Esta é a proposta da Criomodelagem, acredite: a técnica usa a Criolipólise, que nada mais é que um aparelho que congela a gordura localizada de forma segura e não invasiva. O tratamento promove a morte das células de gordura (a chamada apoptose) através do resfriamento controlado; e, sim: a frase ‘não é milagre, é tecnologia’ nunca fez tanto sentido.

Leia também: Dentes mal alinhados podem ser tratados com o uso de aparelho invisível

“A gordura é mais sensível ao frio que demais tecidos, ou seja, o dano ocorre especificamente nessas células de gordura, sem riscos para a pele e músculos”, introduz a especialista no assunto, pioneira na capital mineira, Lígia Oliveira. Com formação em Cosmetologia e Estética, com especialização em Obesidade e Emagrecimento, Lígia explica que, durante as sessões – que podem durar de 6 a 15 horas – é usada uma manta com gel anticongelante para proteger a pele contra queimaduras.

O tratamento é personalizado e pode ser feito em áreas como abdômen, flancos, costas, braços, coxa e culote, liberando o paciente a voltar às suas atividades normalmente no dia seguinte, sem necessidade de repouso. “Após o procedimento, a região pode ficar inchada, dolorida e pode haver perda da sensibilidade, mas nada que uma semana não alivie”, adianta Lígia.

Leia também: Clínica mineira recebe prêmio

Ela explica ainda que os primeiros resultados aparecem entre 3 a 4 semanas após a aplicação, no entanto, a gordura continua sendo eliminada por até 6 meses. “A gordura é metabolizada de forma natural pelo corpo, por isso é importante que o paciente tenha uma alimentação equilibrada, beba bastante água e pratique atividade física regular, intensificando o resultado”, conclui.

Vale lembrar que existem algumas contra indicações para a realização da Criomodelagem como sensibilidade ao frio, doença de Raynaud, doença neuropática, não podendo ser feito também em gestante, lactante, pessoas com dermatites, hipertensos e diabéticos não controlados.

Avalie este conteúdo


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Senha o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!