Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

BH é 2ª cidade que mais pesquisou por cirurgia plástica no Brasil

08 de janeiro, 2019
Foto: Agência Contato
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Saúde. Com o verão, e principalmente a proximidade do carnaval, muita gente começa uma corrida contra o tempo para atingir a forma física desejada. Seja um detalhe no rosto, uma gordurinha localizada na barriga, flacidez, celulite… O que grande parte das pessoas deseja é se livrar, e rápido, daquilo que está incomodando.

Em Belo Horizonte, a demanda é grande. Evidência disso é a colocação da capital mineira no ranking de buscas no Google pelo termo “cirurgia plástica” – BH aparece em 2º lugar entre as 13 cidades que mais buscaram pelo termo de março de 2016 até janeiro deste ano no Google Trends.

Outra curiosidade é o ranking de buscas pelo termo “lipo”, Contagem (MG) figura em 1º lugar, e Belo Horizonte em 3º entre as 36 cidades que mais buscaram pela palavra.

O grande risco de fazer desse desejo uma corrida contra o tempo é transformar num pesadelo o que poderia ser a conquista de um sonho.

Quando a mudança envolve uma cirurgia então, por mais simples que pareça, o pesadelo pode ser real, e ainda mais grave, a morte, que tem acontecido com frequência com mulheres que fizeram procedimentos sem o devido cuidado, como nas cirurgias realizadas pelo “Dr Bumbum”, no Rio de Janeiro.

O contraponto é que os próprios cirurgiões mais atualizados e com alto nível de capacitação têm procurados alternativas que tragam mais segurança aos seus pacientes, reduzindo muito a extensão do impacto cirúrgico no corpo, ou mesmo alcançando resultados cirúrgicos, em alguns casos até melhores, sem a necessidade de uma cirurgia.

Os mais sérios, inclusive, recomendam a avaliação da real necessidade de uma cirurgia, e incentivam a reeducação alimentar.

Lipoaspiração mais segura

O cirurgião plástico Gustavo Aquino investiu num equipamento ultrassônico para lipo HD, que de forma minimamente invasiva, retira a gordura localizada e modela o corpo, criando por exemplo os gominhos na barriga.

“A cânula é extremamente fina, deixa muito menos hematomas que a lipo convencional, e como o equipamento ultrassônico emulsifica a gordura antes, o processo fica menos agressivo porque não precisamos da força que a retirada da gordura demanda na forma convencional”, explica ele.

Outro ponto que torna a lipo HD realizada por ele mais segura, é que a modelagem do corpo é feita com a própria gordura corporal da pessoa, excluindo a necessidade de preenchedores ou próteses e assim, evitando os processos de rejeição que podem acontecer com materiais sintéticos.

Bariátrica, só em último caso

Apesar de cirurgião geral e gastroenterologista, com capacitação para realizar uma das cirurgias mais procuradas no Brasil (as cirurgias bariátricas, que cresceram 47% em cinco anos segundo a SBCBM), Dr Mauro Jácome (foto) optou por não realizar a bariátrica, e investiu em tecnologia para outros procedimentos que reduzem a área interna do estômago com muito menos chances de complicações, sem agressão ao corpo.

É o caso do balão intragástrico, principal procedimento realizado por Dr Mauro. Além do balão, o médico também realiza a endosutura gástrica, uma endoscopia cirúrgica, muito pouco invasiva que, como o próprio nome diz, é feita através de endoscopia.

Em casos em que a cirurgia bariátrica convencional tem complicações, o especialista em endoscopia bariátrica ainda trata as situações de risco através de técnicas não-invasivas endoscópicas, que podem salvar o paciente sem submetê-lo a novos procedimentos invasivos.

“Muita gente procura por cirurgia porque acha que só assim vai alcançar o resultado que quer. Cirurgia é coisa séria, envolve muitos riscos, e a tecnologia já permite excelentes resultados com recursos que excluem a necessidade de cortes, pós-operatório, etc. Se informe, converse com mais de um médico, confira se o médico é qualificado para o procedimento, não se deixar enganar por promessas milagrosas, preços incompatíveis, tudo isso abre precedente para profissionais mal intencionados e até mesmo sem especialização na área, que só querem ganhar dinheiro em cima de cirurgia”, alerta Dr Mauro Jácome.

Emagrecimento natural

Tanto Dr Gustavo Aquino, quanto Dr Mauro Jácome, ambos cirurgiões capacitados e conscientes dos resultados que a estética proporciona, mantém parceria com nutricionistas, fisioterapeuta, enfermeira, psicóloga e educador físico (Dr Gustavo); nutricionista e psicóloga (Dr Mauro) para incentivar o processo natural da mudança de hábitos, que valorizam e defendem.

“Já contraindiquei muita cirurgia plástica, nem todo mundo que chega procurando uma lipoaspiração por exemplo tem indicação para isso. Se conscientize, procure saber se você de fato precisa de uma cirurgia, ou se pode alcançar o resultado que você quer mudando seus hábitos”, diz Dr Gustavo.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!