Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Atividade ajuda a perder peso, evitar lesões e melhorar desempenho em competições

10 de dezembro, 2018
Fotos: Arquivo Pessoal
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Fisiofuncional. Você já ouviu falar no fisiofuncional? Composta pela integração de fisioterapia especializada e treinamento funcional, a modalidade é baseada num conceito de sustentabilidade da atividade física. Ela traz uma abordagem do corpo humano como um sistema interligado e pode promover desde emagrecimento ou condicionamento físico para quem deseja começar a se exercitar, quanto alta performance para atletas profissionais.

O fisiofuncional funciona da seguinte maneira. O trabalho é extremamente individualizado, envolve terapia manual, flexibilidade, mobilidade, coordenação e equilíbrio, introduzidos por etapas. “Conseguimos criar qualidade postural e mecânica, quando for o caso, performance, e desenvolver capacidades físicas como agilidade, força, velocidade, sem causar maiores danos ao corpo, preservando a integridade física e reduzindo, indiretamente, os índices de lesões”, ressalta Vitor Alvarenga, fisioterapeuta pós-graduado em Ortopedia e Esportes que desenvolveu o fisiofuncional em conjunto com o educador físico Rafael Furtado.

Em primeiro lugar, é realizado um trabalho postural com uma sessão por semana. “Geralmente, a partir da 8ª sessão, o aluno inicia o treinamento funcional e, só após todo o trabalho postural, é que ele está apto a praticar as atividades funcionais e de performance com qualidade. Isso é obrigatório”, conta Vítor.

A grande “sacada” do fisiofuncional foi a integração de conhecimentos de diferentes áreas, criando um sistema seguro e abrangente de prática de atividade física, que possibilita a manutenção de uma vida ativa ao longo de muitos anos, independente da idade, do seu histórico de desgastes físicos, ou da intensidade de suas sessões de treinamento.

“A prevenção das lesões depende de todo o trabalho postural que é realizado, seguido da integração com o treino funcional, só assim o corpo sofre um menor estresse mecânico quando realiza as atividades”, explica o fisioterapeuta.