Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

PANC serão estrelas do 12º Festival Bar em Bar

07 de novembro, 2018
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Negócios & Gastronomia. O universo das PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais) é o tema da 12ª edição do ‘Festival Bar em Bar’, megaevento gastronômico, realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais (ABRASEL-MG).

O circuito acontece de 08 de novembro a 07 de dezembro em 35 bares de Belo Horizonte e mais sete cidades do interior do estado: Brumadinho, Divinópolis, Ibitipoca, Juiz de Fora, São João Del Rey, Uberlândia e Viçosa.

Para participar do festival, os estabelecimentos envolvidos tiveram a ajuda do chef especialista em PANC, Michel Abras, que realizou uma consultoria para a ABRASEL-MG e, junto aos donos dos bares, selecionou todas as plantas que farão parte do evento, além de ensinar aos empresários as peculiaridades destes alimentos.

Após esta ‘aula’, as casas criaram uma receita exclusiva com PANC, que levam diversas delícias, como por exemplo, taioba, Maria Gondó, capuchinha, ora-pro-nóbis, umbigo de banana, entre outras. Todas serão inseridas no cardápio durante os 30 dias do concurso a um preço máximo de R$ 36,90.

Você também participa

O público, por sua vez, poderá eleger o melhor petisco Bar em Bar PANC através de notas de 1 a 10. Para votar, basta retirar uma das cédulas disponíveis nos restaurantes participantes e depositá-la, já com o voto, em uma urna contida no restaurante.

Estas informações serão apuradas pela organização do concurso após o término do festival e os três primeiros estabelecimentos que atingirem a maior pontuação serão os vencedores.

De acordo com o presidente da Abrasel-MG, Ricardo Rodrigues, a escolha das PANC como protagonistas desta 12ª edição do Bar em Bar vem para coroar uma das maiores premissas da entidade: não apenas movimentar o setor de alimentação fora do lar, como também lançar tendências no segmento de gastronomia e mostrar ao grande público ingredientes com sabor inigualável mas ainda desconhecidos.

Mais saudável

“As PANC já foram bastante usadas no passado, principalmente pelos mais idosos. Entretanto caíram em desuso, devido, por exemplo, a expansão da indústria alimentícia, que introduziu os fast-foods e as comidas mais rápidas. Agora, porém, o que a gente observa é uma retomada da alimentação mais saudável. O crescimento dos orgânicos está aí para provar que não estou blefando. Nesse sentido, as PANC ganham espaço por nascerem de forma espontânea, livres de agrotóxicos e fertilizantes químicos”, explica.

Economia

Outro motivo que, segundo Ricardo, influenciou na escolha dessas plantas é o fato delas serem encontradas, com mais facilidade, na agricultura familiar. “Desse modo conseguimos reunir o agricultor, que é o que vende; o dono do restaurante, que compra o alimento e o transforma; e por último, o consumidor final, que esperamos não só aprovar como incorporar estas hortaliças em seus hábitos de consumo”, conta.

Ainda conforme o empresário, é esperado um incremento de 15 a 20% no faturamento das casas participantes durante esta edição do evento.

Abertura do evento

A abertura do evento, que vai contar também com atrações musicais, acontece no dia 10 de novembro, sábado, de 12h às 21h, na Rua Bernardo Mascarenhas, em frente ao Museu Histórico Abílio Barreto, no bairro Cidade Jardim, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Os interessados em participar da festapodem retirar os ingressos gratuitamente pela internet. No dia do evento também é necessário levar 1kg de alimento não perecível, exceto sal e fubá, que será entregue a organização na entrada.

Fotos: Christoph Reher

Leia mais notícias sobre Gastronomia aqui.