Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Iluminação das grutas da Rota Lund é inaugurada com anúncio de novos investimentos

26 de janeiro, 2018

Aporte. Projeto no valor de R$ 2,6 milhões contempla lâmpadas de LED e inclui três cavernas.

As grutas da Lapinha, Maquiné e Rei do Mato, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão com nova iluminação. O projeto no valor de R$ 2,6 milhões, que contempla lâmpadas de LED na cor branca, foi inaugurado na segunda-feira, dia 22, em roteiro que incluiu as três cavernas da Rota Lund.

Na ocasião, novos investimentos também foram anunciados para os próximos meses. O montante, no valor de R$ 2,56 milhões, será aplicado em obras de infraestrutura, que têm como objetivo melhorar a conservação das grutas e oferecer mais conforto aos visitantes.

A entrega da nova iluminação foi feita pelos secretários de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira, e de Turismo, Ricardo Rocha de Faria. Acompanhados do diretor geral em exercício do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Henri Collet, eles destacaram a importância da destinação dos recursos para as cavernas, importantes bens naturais de Minas Gerais e também para o roteiro turístico no estado.

“O investimento na ordem de R$ 2,6 milhões para a nova iluminação está em sintonia com a importância do bem espeleológico, uma vez que proporciona ao visitante melhor visibilidade e conhecimento da estrutura geológica, com mais propriedade e critério”, afirmou o secretário Germano Vieira.

Henri Collet, Germano Vieira e Ricardo Rocha Faria durante visita a uma das grutas de Minas Gerais

Ganhos econômicos e sociais também foram ressaltados pelo secretário de Turismo, Ricardo Faria, como ação resultante do trabalho parceiro com o meio ambiente estadual. Segundo ele, os resultados têm sido cada vez mais positivos no desenvolvimento da economia local.

“Para além das questões de preservação, e de educação ambiental, pautas tão importantes para Minas Gerais, esses bens que são patrimônio natural do nosso estado guardam grande relação com a agenda do turismo. Em recente pesquisa feita pela secretaria (de Turismo), foi constatado que as belezas naturais são a segunda imagem que o visitante mais guarda na memória”, disse Ricardo.

Novos investimentos

O diretor geral em exercício do IEF, Henri Dubois Collet, disse que o trabalho desenvolvido nas grutas mostra a realização de um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo governo nas unidades de conservação.

“Temos mais propostas e projetos para serem realizados ainda em 2018 nas três grutas. As melhorias não param por aí, queremos sempre mais garantir a segurança e o bem estar dos turistas que visitam nossas unidades de conservação”, frisou.

A lista de melhorias prevista dentro do montante de R$ 2,56 milhões para os próximos meses prevê reforma de infraestrutura física, aquisição de novos equipamentos, entre outras ações.

Foto destaque: Divulgação JC/Semad