Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Gestão caminha para retomada do equilíbrio financeiro

09 de julho, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Desenvolvimento. Prioridade nos investimentos para a saúde, programa de concessões rodoviárias e fortalecimento do turismo e da cultura se destacam

O grande desafio do governador Romeu Zema, nestes seis primeiros meses, sem dúvida, tem sido fazer a máquina pública andar, com os cofres vazios e o enorme montante da dívida herdada, R$ 34,5 bilhões. Mas, com esforço, criatividade, seriedade e disposição, a gestão vem conseguindo avanços em todas as áreas.

Leia também: Governo de Minas planeja implantar trem turístico de BH a Inhotim

A seguir, conheça algumas das principais ações nas áreas de Infraestrutura e Mobilidade, Saúde e Cultura e Turismo.

Concessões e Parcerias

Como investir sem dinheiro em caixa? A Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade lançou um grande programa de concessões rodoviárias. A medida tem por objetivo deixar as estradas mineiras em boas condições para os cidadãos.

Envolvendo sete lotes de rodovias estaduais e investimentos da ordem de R$ 7 bilhões, o programa tem expectativa de gerar mais de 9,5 mil empregos, entre diretos e indiretos, impulsionando o desenvolvimento regional em Minas Gerais.

Saúde

A Saúde foi elencada como prioridade do governo. Tanto que é feito um esforço para quitar as dívidas com fornecedores e prestadores de serviços.

Foi realizada articulação com o Ministério da Saúde, que possibilitou a incorporação de R$ 192 milhões do teto de média e alta complexidade (MAC). Esses recursos serão destinados à atenção hospitalar, vigilância e saúde mental.

Leia também: Brasil dispensa visto para turistas de quatro países

Além disso, a Secretaria de Saúde coordena o Grupo de Trabalho formado para propor medidas que viabilizem a conclusão das obras e o início do funcionamento dos hospitais regionais em Além Paraíba, Conselheiro Lafaiete, Divinópolis, Unaí, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Nanuque, Novo Cruzeiro, Sete Lagoas e Teófilo Otoni.

Cultura e Turismo

O Palácio dos Mangabeiras, tradicional residência oficial dos governadores, agora será aberto a todo cidadão mineiro. O governador decidiu economizar e não usar o Palácio, dando uma nova finalidade à edificação. A gestão passou a ser feita pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge).

Fotos: Beto Oliveira/ Gil Leonardi/Imprensa MG

Avalie este conteúdo


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

×
Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!