Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

FCA elimina uso de água potável na fabricação de carros

30 de março, 2019
Por: Jornal da Cidade BH
Fotos: FCA
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Sustentabilidade. Técnicas de reuso e conscientização de colaboradores foram fundamentais para que montadora chegasse aos seus objetivos

A FCA (Fiat Chrysler Automóveis) eliminou do uso de água potável na produção dos carros em sua unidade de Betim. O anúncio foi feito durante as comemorações do Dia Mundial da Água, no último dia 22 de março.

A meta foi alcançada, segundo a empresa, graças a investimentos na ampliação do reuso da água em mais de 99% em suas unidades industriais (Betim e Goiana).

Na empesa em Betim, a água utilizada nas etapas do processo produtivo, irrigação de áreas verdes, vasos sanitários, entre diversos outros, vem do complexo de tratamento de efluentes.

“Com o reuso, em 2018, a Fiat deixou de consumir 360 mil m3 de água potável, volume suficiente para abastecer por ano mais de 100 mil pessoas”, explica o gerente de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho da FCA para a América Latina, Neylor Bastos.

Paralelo aos esforços para otimizar o reuso são realizados projetos para o uso racional de água em todas as etapas de produção dos carros. “Em três anos, o consumo de água por veículo produzido reduziu 37%”, completa.

A participação dos funcionários tem sido fundamental para que a empresa atinja esses objetivos ambientais. Na unidade de Prensas, por exemplo, o analista de Tecnologia Industrial, Leonardo Luiz Souza, desenvolveu um projeto de redução do consumo de água no sistema de arrefecimento, responsável por manter os equipamentos de estampagem a uma temperatura ideal de funcionamento. O resultado na iniciativa foi a redução do consumo de água no setor de 30%.

Também na fábrica da FCA em Goiana (PE) são feitas importantes iniciativas de preservação da água com envolvimento dos funcionários. O gerente de Utilidades, Roberto Soares observa que o complexo de tratamento de efluentes da planta, que tem capacidade para tratar até 210 mil litros de água por dia, promoveu 99,5% de reuso.

Em Pernambuco, desde 2014, foram plantadas mais de 90 mil mudas de Mata Atlântica de 295 diferentes espécies, produzidas no viveiro próprio. A meta é alcançar até 2024 o plantio de 208 mil mudas, com criação de 304 hectares de área verde e corredores ecológicos.

FCA elimina uso de água potável na fabricação de carros
5 (100%) 3 voto[s]


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.