Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Drogaria Araujo aposta em energia solar

25 de fevereiro, 2019
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Sustentável. Em 2018, a Drogaria Araujo direcionou seus esforços para a geração distribuída de fontes de energia renovável. O seu foco passou a ser uma usina de energia solar, localizada em Janaúba, Norte de Minas.

Com implantação da usina de energia solar, gerador a gás natural, iluminação natural, climatizador no lugar de ar condicionado e a troca por lâmpadas mais eficientes (Led), a Drogaria Araujo conseguiu reduzir drasticamente seu consumo e gasto de energia. Atualmente, a energia é o terceiro maior custo da Araujo, perdendo apenas para folha de pagamento e aluguéis.

Por esse motivo, a empresa está constantemente em busca de soluções que melhorem o seu desempenho e o uso racional de energia.

Entre 2015 e 2017, a Drogaria Araujo trocou 10,8 mil lâmpadas fluorescentes por lâmpadas tuboled. Também foram trocadas 270 unidades de refletores de HQI por refletores de led e substituiu 500 unidades de luminárias Down Light HQI por luminárias de Led, o que gerou uma economia média de 30% no consumo de energia de suas lojas.

Com a utilização do gerador de gás natural na hora ponta no Centro de Distribuição, a empresa passou a ter uma redução no preço da energia de 23%. Hoje, a maioria das lojas da Araujo já são inauguradas com climatizadores, que consomem 90% a menos de energia do que um ar condicionado convencional.

No ano passado, a Drogaria Araujo direcionou ainda mais seu olhar para o consumo de energia renovável. Com o apoio da AES Tietê – empresa que vem se posicionando no mercado com uma plataforma integrada de energia – a drogaria passará a arrendar uma fazenda solar remota, com potência de 5,0MW, por um período de dez anos.

O início da operação está programado para o primeiro semestre de 2019. Serão instalados mais de 19 mil módulos fotovoltaicos, com geração média mensal de 1.100MWh de energia limpa, que será injetada na rede de distribuição local, gerando créditos que atenderão até 170 unidades da rede de drogarias. Ou seja, com a energia solar a Araujo conseguirá suprir cerca de 80% da sua demanda energética.

Segundo Modesto Araújo Neto, presidente da Drogaria Araujo, “Por sermos a primeira no modelo drugstore, com lojas com metragem acima de 400 m², o dobro da média do setor e a maior variedade de produtos inclusive de itens refrigerados e congelados, precisamos pensar em estratégias para economizar energia. Hoje a energia é o terceiro maior custo da Araujo, perdendo apenas para folha de pagamento e aluguéis. Junto com a AES Tietê vamos garantir um consumo mais eficiente, reduzir custos e contribuir com a produção de energia limpa”, conclui.

Modesto destaca ainda que a Araujo é uma empresa centenária que está sempre pensando a frente do seu tempo. “Nos preocupamos com o futuro. Nós queremos crescer, mas com responsabilidade. Sempre pensando na nossa comunidade e no meio ambiente que fazemos parte. Queremos um mundo melhor para todos”, explica o presidente.

Geração Distribuída

No último dia 20, o Fórum Regional de Geração Distribuída com Fontes Renováveis (Fórum GD Sudeste) reuniu profissionais, empresários, representantes da indústria, comércio e serviços, pesquisadores e instituições de ensino, profissionais liberais e interessados no setor de GD, para discutir barreiras regulatórias, impedimentos jurídicos, tecnologias inovadoras, financiamento, capacitação e perspectivas de crescimento.

A Drogaria Araujo foi convidada a participar da programação do evento com o seu case de sucesso em Geração Distribuída e Eficiência Energética. O responsável pela área administrativa, Diogo Carvalho, foi o responsável por fazer a apresentação do case da Araujo no evento.


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário