Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

CMI/Secovi-MG empossa nova diretoria para gestão 2018/2020

02 de maio, 2018
Jornal da Cidade BH Notícia boa também dá audiência!

Atualidades. A CMI/Secovi-MG (Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais) empossou, em abril, sua nova diretoria para o biênio 2018/2020. A empresária Cássia Ximenes, diretora da imobiliária Sílvio Ximenes, segue na presidência da entidade. Ela é formada em comunicação social pela PUC/MG, com especialização em jornalismo e pós-graduação em gestão de negócios imobiliários pela Fundação Dom Cabral.

Segundo Cássia Ximenes, os dois últimos anos foram de muito trabalho e de grandes conquistas para o mercado imobiliário. “Agradecemos o comprometimento e a competência que todos demonstraram na gestão passada, trabalhando constantemente para a evolução do nosso mercado. Temos a certeza de que a diretoria que encerrou essa etapa deixou grande legado para o nosso setor”, declara.

Sobre a nova gestão, Cássia afirma que a meta da diretoria continua sendo a busca por servir o setor no que ele demanda e necessita para melhorar. “Nosso objetivo é seguir aprimorando as ações, convênios e eventos que a CMI/Secovi-MG promove. Já temos boas surpresas no forno para serem apresentadas em breve”, conta.

Um dos exemplos de parceria de sucesso é o convênio firmado com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que auxilia na desjudicialização de processos, desafogando o Poder Judiciário e impondo maior velocidade com menores custos na solução de conflitos. A cooperativa de crédito do mercado imobiliário, Sicoob Secovicred-MG, também é um dos serviços ofertados ao setor. Foram distribuídas aos cooperados sobras de cerca de R$ 1,058 milhão e apresentadas novidades neste ano: os associados da entidade e correntistas da SecoviCred terão 20% de desconto nas linhas de financiamento. Além disso, aqueles que quiserem abrir conta terão uma carência na cobrança das taxas.

Outro projeto recente é o instituto de pesquisas Data Secovi, que possui uma base de dados que apontam valores praticados por bairros e regiões tanto para compra e venda quanto para locação. No ano passado, um dos destaques foi a entrega aos associados de uma nova sede (rua Sergipe, 1000 – Savassi), com salas para os associados e auditórios para a realização dos eventos.

A Universidade Corporativa Secovi (UniSecovi) oferece cursos de qualificação desenhados especialmente para o mercado imobiliário, nas modalidades presencial, in company e EAD. Como forma de incentivar a capacitação dos profissionais do setor, a entidade ainda mantém, há 14 anos, o Programa de Qualidade e Excelência Empresarial, que certifica as empresas que mais investem em qualificação.

De acordo com Cássia Ximenes, o trabalho da CMI/Secovi-MG se estende na participação em conselhos municipais, estaduais e federais. “Nosso propósito é defender o posicionamento das empresas ligadas à habitação de modo geral: na compra e venda, locação, administração de condomínios, loteamentos, urbanização, incorporação de imóveis, visando o desenvolvimento sustentável e ético do mercado imobiliário mineiro”, comenta.

A presidente da CMI/Secovi-MG explica que a nova gestão vislumbra a melhoria de vários outros convênios, parcerias e serviços que já se encontram em avançados estudos e desenvolvimento de ações, de forma a obter mais resultados positivos. “É fundamental a participação dos empresários em nossas plenárias, palestras e encontros para, juntos, construirmos o futuro que queremos. Juntos faremos o melhor pelo mercado imobiliário mineiro. Estamos começando uma nova gestão com novos planos, novos projetos, muita garra e mais experiência para nos ajudar a alcançar nossos objetivos.”

Foto: Carlos Olímpia


Sobre Jornal da Cidade BH:

Portal de notícias de BH e região, com informações sobre eventos empresariais, negócios, economia, política, cobertura social e muito mais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário