Jornal da Cidade BH | Notícia boa também dá audiência!

Outubro rosa

03 de outubro, 2017

Alerta. Infelizmente os casos de câncer têm sido cada vez mais frequentes no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer — INCA, a estimativa para o biênio 2016–2017 são cerca de 600 mil novos casos. E, dentre os mais evidentes está o câncer de mama, causado pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Com incidência quase que absoluta em mulheres, a doença apresenta número alarmantes, com crescimento de 28% dos casos a cada ano.

Em prol do público feminino, a Camponesa, marca de lácteos da Embaré criou uma ação para fazer um alerta sobre o cuidado que as mulheres devem ter com elas mesmas e evidenciar o poder das relações femininas, que é capaz de gerar uma rede de cuidado e salvar vidas.

A marca, patrocinadora Máster do time de vôlei feminino do Minas Tênis Clube, o Camponesa Minas, reuniu as jogadoras para criar uma importante campanha cujo tema é “A gente se cuida” (#Agentesecuida). Dentre as ações que fazem parte deste projeto foi criado um vídeo, com o objetivo de ampliar e disseminar a rede de cuidado entre as mulheres.

Com frases que informam sobre a importância de fazer o autoexame e de que é a partir dos 30 anos que a mulher deve começar a frequentar um mastologista, as atletas destacam também o quanto é importante o cuidado de uma com a outra. Segundo Rosamaria Montibeller, é muito gratificante poder ajudar a população a se conscientizar, pois o câncer de mama é um dos que mais mata no mundo. “Nós somos uma porta de entrada e saída de informação, e quanto mais pessoas puderem assistir ao vídeo, conseguirem aproveitar as informações e repassarem aos conhecidos, mais nosso objetivo será atingido. Espero que possamos ajudar e auxiliar as mulheres a se prevenirem e evitar este e outros tipos de câncer. Quero que elas levem o cuidado para a vida”, fecha Rosamaria.

A libero Léia Silva, atleta do Camponesa Minas e da Seleção Brasileira, com 32 anos, ainda não tinha parado para pensar neste importante fator. “Nós também precisamos nos informar sempre. É um alerta para toda a sociedade”, conta. Léia destaca que ciclo de amizade ajuda muito, que o time é também uma família. “Nas conversas entre os treinos nos informamos muito sobre vários assuntos. Na maioria das vezes, nos esquecemos de cuidar de nós mesmas, e quando estamos juntas uma incentiva a outra”, completa.

Foto: Guilherme Cirino